• Ao que tudo indica, teremos Bump Day nas 500 milhas de Indianápolis desse ano

    Mark Miles, Sam Schmidt e Robin Miller garantem que teremos bump day e estimam de 34 a 36 carros nas 500 milhas de Indianápolis desse ano.
    Um dos principais pontos de discussão levantada por quem acompanha os anúncios das 500 milhas de Indianápolis é se haverá o famoso bump day, quando se inscrevem mais do que 33 carros para as 500 milhas e há uma sessão exclusiva para determinar os 33 carros com direito de participar da corrida mais famosa da Indy.

    Na sexta-feira passada, para marcar que faltavam 100 dias para as 500 milhas de Indianápolis, a INDYCAR aproveitou a oportunidade para realizar um evento com o objetivo de estimular a venda de ingressos e gerar mais expectativa. Nela, o diretor executivo da categoria, Mark Miles, assegurou que, até o momento, com menos de três meses para o início dos treinos oficiais, foram registradas 34 solicitações de chassis e motores para a INDYCAR, o que garantiria o retorno do Bump Day.
    Buddy Lazier foi o último bumpeado das 500 milhas, em 2015.
    Miles não é o único a contar com, no mínimo, 34 carros para o mês de maio. Nas contas dos confirmados e dos principais rumores, a RACER e Robin Miller cravaram, por enquanto, 34 carros. Adrian Fernandez, do Motor.es, chega a contar 36 carros com rumores.

    Sam Schmidt, enquanto declarava para a própria RACER que está bem próximo de colocar um terceiro carro nas 500 milhas de Indianápolis, que;
    Ao que tudo indica teremos um mínimo de 34 carros, talvez 35 ou 36, o que seria brilhante para Indianápolis.
    Até o momento, temos 29 carros confirmados com piloto e tudo: 
    • Seis na Andretti: Andretti, Hunter-Reay, Rossi, Veach, Muñoz e Wilson; 
    • quatro na Penske: Newgarden, Pagenaud, Power e Castroneves;
    • dois na Rahal: Rahal e Sato;
    • dois na Schmidt-Peterson: Hinchcliffe e Wickens;
    • três na Ed Carpenter: Carpenter, Pigot e Patrick;
    • dois na Ganassi: Dixon e Jones
    • dois na Carlin: Chilton e Kimball;
    • dois na Foyt: Kanaan e Leist
    • três na Dale Coyne: Fittipaldi, Bourdais e Mann;
    • um na Harding: Chaves;
    • um na Juncos: Kaiser
    • e um na Shank: Harvey.
    ele e Michel Jourdain Jr, em 2013, foram os únicos bumpeados com o chassi DW-12.
    Além do terceiro carro da Schmidt-Peterson quase certo mencionado acima e da Lazier Partners que sempre corre mas nunca faz anúncio oficial de que vai correr; existe uma expectativa de mais um carro na Rahal Letterman Lanigan Racing, dois carros na Dreyer & Reinbold Racing, um quarto carro na Dale Coyne e um segundo carro na Harding Racing. Caso todas confirmem, temos o número mágico de 36 carros.

    Nos últimos seis anos tivemos bump day em apenas duas oportunidades, quando Michel Jourdain Jr. teve problemas de suspensão no seu carro e não marcou tempo em 2013 e Buddy Lazier, que foi o mais lento dos 34 carros de 2015. E a falta de carros faz gerar situações bizarras, como em 2012, quando Jean Alesi se classificou com o pior tempo de qualificação das 500 milhas desde 1988 e no ano passado, quando Alex Tagliani se classificou mesmo sem marcar tempo.
  • POSTAGENS RELACIONADAS

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário