• Danica Patrick trará a GoDaddy novamente para a Indy 500

    A piloto mais famosa da Indy anunciou que trará de volta o patrocínio da GoDaddy para as 500 milhas de Indianápolis desse ano, mas ainda não anunciou equipe.
    A Danica está nos comerciais da GoDaddy no Super Bowl desde que eu me lembro.
    Foi anunciado anteontem (18 de janeiro) que as duas últimas provas de Danica Patrick na sua carreira de piloto de corridas serão patrocinadas pela GoDaddy. A marca que esteve na Indy entre 2006 e 2013 na Indy patrocinará os carros de Danica nas 500 milhas de Daytona pelas NASCAR e nas 500 milhas de Indianápolis da IndyCar.

    "Ter a oportunidade de completar um ciclo e apoiar Danica enquanto ela encerra sua carreira nas corrida é fantástico", disse Barb Rechterman, vice-presidente executivo e diretor de marketing da GoDaddy. "É o tipo de final de livro que se desenrolará no centro das atenções, mas, para nós, o que é ainda mais poderoso é o alinhamento entre nossas marcas".

    Danica e GoDaddy começaram sua parceria em 2006, quando a moça ainda buscava seu lugar ao sol na Indy e empresa de domínios de sites procurava consolidar sua marca. Agora, em 2018, Danica encerra sua carreira aos 35 anos como a piloto mais famosa e bem paga da história, enquanto a GoDaddy cresceu para ser a maior plataforma em nuvem do mundo. A ligação entre Danica e GoDaddy é bem grande e, por esse motivo, a empresa não retornará para o patrocínio de carros de corrida em tempo integral, voltará apenas para os carros da Danica a médio prazo: "Agora, não é muito sobre voltar às corridas," diz Rechternam, "Embora nós amamos apoiar Danica enquanto ela encerra sua carreira. É uma combinação perfeita com sua próxima fase como empresária. É realmente apropriado para nossa mensagem e nossa missão".

    Entretanto, Danica ainda não tem um carro para correr as 500 milhas de Indianápolis desse ano. Houveram conversas no fim do ano com a Ganassi, mas que em nada se concretizaram nesse começo de ano. Também houveram rumores com Rahal Letterman, que negou negociações para focar apenas em dois carros durante o ano todo, incluindo Indy 500, enquanto Andretti e Schmist-Peterson já fecharam seus carros para a prova. As principais oportunidades para a piloto estão pela Dreyer & Reinbold Racing, pela Ed Carpenter Racing e pela Harding Racing.

    Quando perguntado se a GoDaddy estava assumindo um risco, apoiando uma piloto que não tem vaga confirmada tanto na Daytona 500 quanto na Indy 500, Rechterman disse: "Como a Danica, GoDaddy não tem medo de correr riscos. Ela é uma mulher determinada que superou os desafios e dificuldades que vêm com a competição num esporte dominado pelos homens, e ela está fazendo isso nos níveis mais altos. Pessoas como a Danica encontram uma maneira de enfrentar os desafios. Nós acreditamos nela. Agradeço a questão, mas não vamos gastar tempo se preocupando com isso. Estamos confiantes de que a equipe certa vai cair no lugar muito em breve
  • POSTAGENS RELACIONADAS

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário