USF2000: Parker Thompson vence em casa e desencanta

O dia teve uma vitória emocionante para os canadenses Parker Thompson e a Exclusive Autosport em sua terra natal. Lucas Kohl manteve a boa fase, teve um bom ritmo de corrida e não bateu na curva oito, fazendo mais um Top 5.
Thompson recuperando um pouco da vida perdida no campeonato.
Apenas cinco dias depois da única etapa em oval da temporada, o circo da USF2000 está todo reunido para mais uma rodada dupla, dessa vez nas ruas de Toronto. Voltamos a ter 17 carros no grid, com a volta da Newman Wachs Racing, da BN Racing e de alguns pilotos que optaram por não correr no oval, como Jayson Cluine, Ricky Donison. E tivemos uma estreia! Jose Sierra, o ex-governador de São Paulo piloto Mexicano patrocinado pela Telmex e que foi duas vezes vice-campeão da F-4 NACAM (Mexicana e da América Central), que correrá esse fim de semana pelo terceiro carro da DEForce.

Mas, apesar das novas caras e dos pilotos antigos de volta, o primeiro treino livre, realizado na sexta-feira de manhã, mostrou os mesmos protagonistas de sempre. O trio da Pabst (Rinus Veekay, Calvin Ming e Lucas Kohl, o único brasileiro na categoria) mostrou grande força, buscando chegar cada vez mais próximo de Oliver Askew, que venceu seis provas esse ano, enquanto Pelfrey, DEForce, ArmsUp e BN se embolavam em um pelotão intermediário.

Entretanto, pelo título, dá para perceber que temos um azarão na jogada. A Exclusive Autosport surgiu como um coringa esse fim de semana, e sua carta especial é a etapa de Toronto, já que ttanto a equipe quanto seu principal piloto, Parker Thompson, são canadenses e pilotam em toronto desde 2012. Thompson e a Exclusive fizeram o melhor tempo no treino livre único e conseguiram a pole-position na sexta à tarde, ficando a menos de um décimo de segundo a frente de Oliver Askew, que largou na primeira fila.

A Pabst vinha fazendo um bom trabalho, principalmente com VeeKay e Kohl, que estiveram entre os cinco primeiros no treino livre. Entretanto, no treino classificatório, lucas acabou tocando no muro no primeiro de seus stints, e a sessão acabou ali para ele, terminando com a sexta fila na primeira prova. VeeKay ainda conseguiu o terceiro posto, com Kaylen Frederick (Pelfrey) em quarto e David malukas (BN) em quinto.


Cooper Tires USF2000 Grand Prix of Toronto Presented by Allied Building Products race 1

Largada mais-do-que tranquila
A largada foi bem tranquila, onde os seis primeiros colocados permaneceram os mesmos na primeira volta toda. Parker Thompson manteve a liderança e abriu um segundo de vantagem para Askew e VeeKay, que abriam distância de Frederick, Malukas, Sierra, Ming, Megennis, Baron, Enders, De La Vara, Wojcik e Kohl.

A calmaria durou até a terceira volta, quando Frederick errou na curva oito apóspassar no bump da freada dessa curva, tocou no muro e quebrou sua suspensão, indo para os pits e abandonando a prova. Ricky Donison fez a mesma coisa com seu carro da Cape Motorsports, na mesma curva.

A prova continuou em bandeira verde, com Thompson abrindo ainda mais de Askew e VeeKay. Malukas vinha remando para tentar chegar perto dos pilotos do pelotão da frente, abrindo de Sierra e Mingo, que ultrapassaou Megennis na curva um da quarta volta. Os pilotos iam cada vez mais se espalhando pela pista.

Mais atrás, Lucas Kohl, depois do problema na classificação e da primeira volta, vinha em 13º. Mas a curva três foi sua amiga nas primeiras voltas, pois foi lá que ele recuperou as posições sobre Devin Wojcik (terceira volta) e Moises de la Vara (quarta volta). Quando Kory Enders parou nos pits com problemas em seu DEForce deixou o brasileiro no nono lugar e livre para seguir para o pelotão que brigava pelo quinto posto. Esse pelotão intermediário era composto por Jose Sierra no quinto posto, seguido por Calvin Ming enquanto Robert Megennis e Alex Baron brigavam um segundo atrás de Ming. 

Enquanto isso, lá na frente, David Malukas passava Rinus Veekay quando este errou na curva cinco da sexta volta e assumiu o terceiro lugar, mas duas voltas depois o americano da BN errava na mesma curva que Frederick e Donison, a temida curva oito, tocando a roda traseira esquerda no muro e abandonado a prova.

No grupo intermediário, antes de Kohl chegar neles, Baron já tinha passado Megennis e estava pressionando ming pelo sexto posto. Na oitava volta, Baron colocou por dentro do guiano na curva três e estava com meio carro a frente quando Ming espalhou e tocou em Baron. O francês da ArmsUp teve de dar um zerinho e perdeu várias posições. 

Na décima volta o destino vingou Alex Baron, pois Calvin Ming errou na temida curva oito, tocando sua asa traseira no muro e tendo de ir aos pits apenas para abandonar. Cinco voltas depois houve mais uma vítima da curva oito: Robert Megennis passou direto nessa curva e, na volta para a pista, acabou perdendo o controle de seu carro e tocou com a frente de seu carro no muro, quebrando sua suspensão dianteira e abandonando nos pits.

Após tantos abandonos, o grid passou assim faltando dez voltas para o fim: Thompson ainda era líder e tinha dois segundos de vantagem para Askew, que tinha quase três segundos de vantagem para VeeKay. Quando Malukas abandonou, Sierra assumiu o quarto lugar, e pilotava sozinho quinze segundos atrás de VeeKay e quatro segundos a frente de Kohl (Ming e Megennis foram vítimas da curva oito, enquanto Baron foi rodado por Ming). O brasileiro Lucas Kohl tinha uma vantagem quase confortável de um segundo e meio para a única batalha que se mlantinha ativa na prova: De la Vara x Wojcik x Baron.

Daí até a última volta a única coisa que aconteceu foi a recuperação de Alex Baron, que passou De La Vara e Wojcik, terminando no sexto lugar. apesar de perder umpouco de ritmo de corrida no fim da prova, Lucas Kohl conseguiu salvar um ótimo quinto lugar na prova, enquanto Sierra comedor jantou um bocado de gente e se estreou na categoria no quarto lugar.

Um ano-luz a frente nada aconteceu. VeeKay completou atrás de Askew e viu a distância para o líder do campeonato aumentar um pouco mais, enquanto Parker Thompson vence!!
Resultados e pódio.
Com a vitória, Thompson assume o terceiro lugar do campeonato com 175 pontos. Ele está a 64 pontos atrás do vice-líder Rinus VeeKay, e 98 pontos atrás do líder Oliver Askew. Lucas Kohl se conslida no sétimo lugar do campeonato com 110 pontos.

A próxima prova é domingo de manhã, em Toronto mesmo. Até lá!!
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário