Pro Mazda: Anthony Martin vence a segunda em Road America

Mesmo em uma corrida com três relargadas, acidentes e grandes recuperações, o australiano da Cape Motorsports conseguiu a vitória de ponta a ponta.


A segunda etapa começou na sexta-feira à tarde mesmo, quando o segundot reino classificatório teve início. Logo no começo a grande maioria dos pilotos foi à pista, enquanto Victor Franzoni, tendo o melhor ajuste do grid para essa pista, permaneceu nos boxes por um pouco mais de tempo, esperando que apenas uma saída fosse o suficiente para fazer a pole position.

No tempo que Franzoni esteve fora da pista, Anthony martin estava com o melhor tempo, seguido do trio da Team Pelfrey (TJ Fisher, Nikita Lastochkin e Carlos Cunha) mas, faltando nove minutos para terminar o treino, Bob Kaminsky rodou na curva três e seu carro morreu na área de escape, acionando a bandeira vermelha. Com isso, mesmo com Franzoni na pista, o brasileiro completou sua volta rápida quando o treino já estava em bandeira vermelha, e essa volta rápida (bem como a de todos que completaram) foi desconsiderada.

O treino foi recomeçado com apenas dois minutos de bandeira verde, e não foi possível completar mais voltas. Martin ficou com a pole, seguido de Fisher, Lastochkin e cunha, com Franzoni largando do 15º e último colocado do grid.

Pro Mazda Grand Prix of Road America Presented by Allied Building Products race 2

A largada foi um pouco confusa, mas sem incidentes. Martin pulou muito cedo e conseguiu manter o trio da Pelfrey atrás de si o tempo todo. Fisher dormiu um pouco na largada e Lastochkin conseguiu emparelhar com seu companheiro de equipe, mas , na curva um, Fisher passou na frente. Mais atrás, Franzoni conseguiu passar todos os carros da categoria expert até a curva cinco e se aproveitou da disputa entre Max Hanratty e Sting Ray robb pelo quinto posto, passando Hanratty quando este foi empurrado por Ray Robb na curva cinco.

No fim da primeira volta, os seis primeiros lugares mantiveram-se quase os mesmos do grid: Martin, seguido por Fisher, Lastochkin, Cunha e Sting Ray Robb; com Franzoni passando em nono após passar Bobby Eberle na curva 12.

Mais a frente, Martin e Fisher estavam consideravelmente próximos, enquanto Lastochkin segurava Cunha atrás de si. Três segundos atrás de Cunha vinha Sting Ray Robb que já tinha que segurar Franzoni na terceira volta, o que não conseguiu e foi ultrapassado no Carrossel.

No fim da terceira volta, Martin estava oito décimos a frente de Fisher, que estava dois segundos a frente de Lastochkin e Cunha, que estavam dois segundos a frente de Franzoni. Cunha, que vinha armando o bote para cima de Lastochkin, colocou por dentro na reta de largada/chegada da quarta volta e ambos passaram as curvas um e dois lado a lado, com cunha conquistando o terceiro lugar ficando por dentro na curva três.

Franzoni se aproveitou da briga e encostou nos dois pilotos da Pelfrey e, quando Lasstochkin escorregou na entrada do Carrossel, Franzoni passou o russo. Aproveitando o bom momento, saiu mais rápido do carrossel e colocou por dentro de Cunha, passando o conterrâneo e assumindo o terceiro lugar na quarta volta de prova. Mas, para o azar de Franzoni, Martin e Fisher já estavam seis segundos a frente dele.

Mas aí veio a bandeira amarela. Brendan Puderbach esqueceu que era preciso frear na curva 14 e passou reto nela (pura maldade minha, às vezes o carro que brou, o que não é difícil dado que seu cchassi tem dois anos de idade).  A diferença de Martin e Fisher para Franzoni foi toda embora em um instante.

Relargada na volta seis e Martin larga muito bem, mas Fisher larga mal (igual na largada) e Franzoni assume o segundo lugar passando o americano da Pelfrey. Na curva cinco Lastochkin consegue colocar por dentro de Carlos Cunha e assumir o quarto lugar da prova.  Franzoni vinha próximo de Martin mas a bandeira amarela veio novamente quando Kris Wright e Bob Kaminsky.

Na volta oito tivemos relargada, onde Martin relargou muito bem novamente e Franzoni conseguu emparelhar com o australiano na curva cinco, depois da reta oposta. Na entrada da curva, Martin adotou a linha defensiva, ficando por dentro, enquanto Franzoni tentava passar por fora (isso aconteceu durante quase todas as tentativas de ultrapassagem). Os dois fizeram a curva lado a lado, mas Martin espalhou e Franzoni ficou sem espaço, recolheu e conseguiu colocar por dentro de Martin novamente na entrada da curva seis, masm o australiano novamente fechou a porta e Franzoni teve de passar por dentro da zebra para não colidir.  Um pouco atrás, Sting Ray Robb e Kris Wright fizeram os mesmos movimentos, com Robb assumindo o papel de 'Martin' e Wright assumindo o papel de 'Franzoni', mas Wright não recolheou como Franzoni fez na curva seis, e o piloto da JDC rodou, acionando a terceira bandeira amarela do dia.

Relargaram faltando uma volta para o fim, e mais nada aconteceu. Carlos Cunha tentou retomar a posição no pódio de Nikita Lastochkin e os dois passaram lado a lado na linha de largada/chegada, com Lastochkin a frente. Um pouco mais a frente, Martin não dava espaço algum para Franzoni, que tentava se posicionar e passar por fora, mas não houve como e Martin vence!


Com essa vitória de Anthony Martin e a grande recuperação de Victor Franzoni, a diferença entre os dois que era pequena e aumentou agora ficou pequena de novo; agora Martin está sete pontos atrás do brasileiro, que continua líder do campeonato. 

Um ano-luz (52 pontos) atrás de Martin está TJ Fisher, com Nikita Lastochkin em quarto (110 pontos) e Carlos Cunha (103 pontos) em quinto.

A próxima etapa acontece daqui um mês, com uma rodada TRIPLA em Mid-Ohio. Até lá!!


Obs: desculpe o atraso, mas a corrida foi boa e valia a pena fazer a review. Amanhã tem review da corrida 2 da Indy Lights.

Obs2: desculpe a falta de imagens também. A categoria não divulgou fotos de largada e carros e etc.
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário