Único Chevy no Fast Six, Helinho conquista a pole em Long Beach pelo terceiro ano consecutivo

De quebra, o brasileiro da Penske bateu o recorde da pista, que era dele mesmo em 2015 e larga na frente pela quarta vez na pista Californiana. Tony Kanaan larga em décimo-primeiro.

Terceira pole consecutiva de Castroneves em Long Beach. (Foto: IndyCar)

O treino classificatório começou por volta das 19h30 no horário de Brasília. Apesar de ter chovido durante a madrugada em Long Beach, o tempo era de bastante sol e condições de pista perfeitas para o treino, após as trocentas categorias preliminares correrem. Na imagem abaixo você confere como a IndyCar dividiu os pilotos para o qualify:


O primeiro grupo entrou na pista e não houve muitas surpresas. James Hinchcliffe e Charlie Kimball chegaram a se tocar e a direção de prova da IndyCar analisou o incidente, mas não aplicou qualquer punição aos pilotos envolvidos. No final da sessão, além deles, Ryan Hunter-Reay, Josef Newgarden, Alexander Rossi e Graham Rahal avançaram para o Round 2.

O segundo grupo veio e, assim como o primeiro, tivemos um incidente na pista: Simon Pagenaud acabou bloqueando o seu companheiro de equipe, Hélio Castroneves na curva onze do circuito, e acabou sendo penalizado com a perda de suas duas últimas voltas mais rápidas, caindo assim para o último lugar do grupo. O atual campeão da Indy largará amanhã do vigésimo-primeiro e último lugar.

Ah sim, os pilotos que avançaram para o Round 2 foram: Will Power, Scott Dixon, Tony Kanaan, Sébastien Bourdais e Helio Castroneves. Com a desqualificação de Pagenaud, Marco Andretti avançou para a segunda fase.

O Round 2 começou com apenas 4 Chevys e, no final dele, apenas o brasileiro Helio Castroneves avançou para o Firestone Fast Six, última parte do treino que definiria o pole position. Scott Dixon, com o tempo de 1:06.2285, acabou cravando o recorde provisório da pista de Long Beach. Além do neozelandês, avançaram ao Fast Six Alexander Rossi, Graham Rahal, James Hinchcliffe, Helio Castroneves e Ryan Hunter-Reay.

E então veio a parte decisiva do treino e, como de costume, um Chevy e um Penske conquistou a pole position. Como Helio era o único com essa configuração de sucesso em qualifys na pista, a pole acabou ficando com o brasileiro, que de quebra bateu o recorde que Dixon havia batido dele mesmo, em 2015, com o tempo de 1:06.225.

É a terceira vez consecutiva que Helinho largará na frente em Long Beach. Vamos ver se dessa vez ele vence. Tá precisando...

Confira abaixo o grid de largada:


A prova acontece amanhã às 17h30, com transmissão ao vivo da Band e do Bandsports no Brasil.

Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário