Castroneves larga na frente pelo segundo ano consecutivo em Phoenix

De quebra, o brasileiro da Penske ainda quebrou o recorde da pista que era dele mesmo, no ano passado. Tony Kanaan larga em sexto. Largada acontece neste sábado à noite às 22h30 com transmissão ao vivo da Band e do Bandsports.

Hélio igualou Bobby Unser com 49 poles, terceira maior marca da Indy. (Foto: IndyCar)

O treino classificatório começou na virada da sexta para o sábado no horário brasileiro, às 0h. No único treino livre que teve, duas horas antes, Newgarden foi o mais rápido, com um domínio quase que absoluto da Penske e da Chevy, apesar dos fortes ventos causados por uma tempestade de areia, que se deu perto do circuito oval, no deserto do Arizona. A pista ficou bastante suja de poeira e areia, e isso dificultou os pilotos durante a sessão de treinos.

No treino classificatório, que ocorreu em horário noturno praticamente igual ao da largada da prova deste sábado (29), os pilotos foram colocados em uma ordem de entrada, onde cada um tinha uma volta de aquecimento de pneus e duas voltas rápidas, que somadas dariam uma média em milhas por hora. Essa ordem você confere na imagem abaixo:


Como dito anteriormente, tanto a Chevrolet quanto a Penske tinham o melhor acerto para essa etapa em Phoenix. Will Power logo conseguiu 194.017 mph e ficou no primeiro lugar provisoriamente por um bom tempo. Pagenaud chegou próximo com 193.414. Os demais pilotos, como Kimball, Aleshin, Dixon, Hunter-Reay, não conseguiam se aproximar dessa marca voadora do australiano, que partia para a sua terceira pole na temporada.

E então veio Hélio Castroneves e virou 194.905 mph, superando Power em pouco menos de uma milha de média. Josef Newgarden quase bateu Power, mas acabou com a terceira melhor marca. A Penske rumava para um top 4 inédito nesse ano. Só que esqueceram de avisar JR Hildebrand, o único Chevy não Penske que também tinha um bom acerto. O americano da Carpenter virou 193.912 mph e roubou a terceira posição de Newgarden e se intrometendo no top 4 da Penske. Mesmo assim, a Chevy larga amanhã dos cinco primeiros lugares em Phoenix.

Como dito na pirâmide invertida desta postagem, Helinho bateu o recorde da pista que era dele mesmo, na pole do ano passado. Os 194.905 mph de média superaram os 192.324 mph de 2016. Tony Kanaan, último a entrar na pista, largará do sexto lugar, sendo o melhor carro com o motor Honda no treino classificatório.

Confira abaixo o grid de largada:


A prova em Phoenix terá 250 voltas e começa neste sábado, a partir das 22h30 na Band e no Bandsports.

Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário