[PRO MAZDA] Anthony Martin doutrina e leva a pole das duas provas em St. Pete

O australiano campeão da USF2000 do ano passado dominou todos os treinos classificatórios e consegue as duas poles do fim de semana. Victor Franzoni consegue os dois segundos lugares do grid enquanto Carlos Cunha abocanha duas segundas filas.

Após o fim de semana de loucura da Pro Mazda, onde o grid aumentou de nove para catorze carros em três dias e até Victor Franzoni apareceu na Juncos Racing, vimos os favoritos surgirem de última hora. Anthony Martin acertou com a cape Motorsports faltando apenas seis dias para a primeira etapa do campeonato, enquanto Victor Franzoni acertour com a Juncos Racing na quarta-feira dessa semana, enquanto os carros já estavam em st. Pete. Antes mas não muito Carlos Cunha Filho acertou para correr na Team Pelfrey durante os testes de primavera, na semana retrasada.

Seguindo a tradição de mostrar os carros não citados na review:
Charles Finelli (azul) Devin Davies (preto) e Sting Ray Robb ao findo.
Nessa temporada também houveram mudanças nas regras. Ao invés de dois treinos livres e um treino classificatório que valia para as duas provas (a melhor volta de cada piloto montava o grid para a prova 1 e a segunda melhor volta montava o grid para a prova 2) e duas provas de 40 minutos; agora há dois treinos classificatórios de 30 minutos, um para cada prova, e apenas um treino livre de 30 minutos, além da extensão da duração da prova para 50 minutos.

No treino livre único, realizado na sexta de manhã, não houve bandeiras vermelhas e todos os pilotos puderam fazer seus aceros e reconhecimentos de pista durante toda a meia hora. Com um pouquinho mais de experiência e com a Juncos auxiliando, Franzoni fez a melhor volta do dia, quase dois décimos a frente de Martin e meio segundo a frente do trio da Team Pelfrey, liderado por Cunha Filho. 



No primeiro treino classificatório, realizado na sexta à tarde, o brasil liderava a sessão até a metade com Franzoni em primeiro e Cunha em segundo, quando vimos a primeira bandeira vermelha do dia gerada por uma batida de Charles Finelli na curva cinco. 

Jeff Green, companheiro de Franzoni a Juncos.
Com seis minutos foi dada a bandeira verde novamente, e Anthony Martin conseguiu melhorar imediatamente sua volta para 1:13.67, assumindo a ponta do treino para não mais largar. Na volta seguinte, Franzoni faz sua melhor volta, também abaixo de 1:14 e garantindo a primeira fila na prova 1. Fisher consegue melhorar sua volta e passar cunha pelo terceiro lugar, com o brasileiro ficando no quarto lugar, a frente de Phillippe Denes (World Speed Motorsports) e Nikita Lastochkin.

No segundo treino classificatório, realizado no sábado de manhã. Dessa vez não houve bandeira vermelha, mesmo com o motor de Max Hanratty explodindo em sua segunda volta na pista, e Martin liderou a sessão de ponta a ponta para mais uma pole position. Franzoni melhorou em suas últimas voltas e ficou a apenas 0,08 segundos de Martin, mas teve que se contentar com mais um segundo lugar. A Team Pelfrey se encaminha para seu primeiro 3º, 4º e 5º, com Carlos Cunha a frente de TJ Fisher e Nikita Lastochkin dessa vez, mas o piloto russo teve seu melhor tempo excluído por não passar na inspeção técnica e caiu para o sexto posto.


Assim, apesar de toda a pré-temporada estranha da Cape e da Juncos, o mesmo trio de equipes que liderou o ano passado anda manda na Pro Mazda em 2017. Mas, apesar do favoritismo da Team Pelfrey pela pré-temporada mais sólida que fez, o único carro da Cape e o quase único carro da Juncos lideraram as sessões, com a Team Pelfrey relegada as segundas e terceira filas, pelo menos por enquanto.

As corridas da categoria acontecem nesse sábado à tarde (na verdade já aconteceu, mas faço a review das duas corridas juntas) e no domingo à tarde, até lá!
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário