Diretor da Andretti fala sobre novas oportunidades com a chegada de Sato à equipe

Agora que o japonês Takuma Sato é um membro do Andretti Autosport, a equipe já esboça algumas coisas interessantes que podem ser aproveitadas com a chegada do piloto, tanto na parte técnica quanto na questão dos patrocinadores, uma vez que ele traz fortes conexões com a Honda e a Panasonic. Rob Edwards, diretor de operações da Andretti falou ao site da IndyCar sobre algumas dessas possibilidades.

Proximidade com Honda foi ponto-chave da negociação de Takuma.

"É obviamente importante em vários aspectos", disse Edwards. "Ao longo dos últimos anos, tivemos um relacionamento muito bem sucedido com a Honda e continuamos com isso. Panasonic é complementar ao programa INDYCAR, mas também estamos envolvidos. Esse é um relacionamento emocionante para adicionar aos relacionamentos que já temos. A Panasonic está envolvida na Fórmula E com outra equipe e talvez haja potencial para que também esteja envolvida em algumas de nossas outras séries."

A transferência de Sato para Andretti tornou-se oficial em 2 de dezembro, mas já era esperada depois que seu ex-empregador, AJ Foyt Racing, nomeou Conor Daly e Carlos Muñoz como seus pilotos de 2017 em 15 de novembro.
Rob Edwards

"Era uma questão de concluir algumas das peças por trás dos bastidores", disse Edwards sobre o atraso no anúncio Sato. "Nós queríamos ter certeza de que os I's estavam pontilhados e os T's foram cruzados antes de sairmos e torná-lo oficial. Nós não trabalhamos com Takuma ainda e nós vamos descobrir um monte de coisas, mas a audição das pessoas que trabalharam com ele antes, garantem que ele é muito forte tecnicamente. Eu acho que será uma ajuda para nós a complementar os outros três pilotos muito bem. Estamos ansiosos para que todos os quatro trabalhem juntos".

Sato levou a Foyt para o lugar mais alto do pódio com uma vitória no GP de Long Beach em 2013 e chegou a liderar em pontos o campeonato daquele ano. Edwards acredita que Sato poderia ganhar uma ou duas corridas em 2017.

"Olhando para o que íamos fazer com o quarto carro e quem iria estar nele, ganhar foi parte da conversa. Não há dúvida sobre sua velocidade. Todos nós já vimos tempos diferentes. O desafio é desenvolver consistência e transformar isso em resultados. Não se trata de fazer 95% do trabalho e depois jogá-lo fora".
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

  1. Coisa mais linda o novo carro da Ganassi.... http://www.indycar.com/News/2017/01/01-06-Ganassi-Sebring-test

    ResponderExcluir