Pro Mazda: Etapa em Iowa é cancelada.

Por falta de carros inscritos para correr essa etapa da Pro Mazda e o cronograma meio apertado no circuto de Newton, a segunda etapa da Pro Mazda em Oval foi cancelada. Eles correrão uma prova a mais em Laguna Seca para substituir.
Cancelar a prova para que um grid com menos carros que esta prova teve aconteça.
O fato da categoria ter os menores números de carros competindo sua temporada em toda sua história já é fato. Entretanto, o número muito diminuto de inscritos para disputar a décima etapa no campeonato, em Iowa, obrigou a Pro Mazda a não estar presente no oval de 0,875 milhas.

Não se sabe ao certo o número, mas estima-se que apenas SEIS carros estavam inscritos para essa etapa. apenas um carro da Cape Motorsports para Nico Jamin, três carros da Juncos (Will Owen, Nicolas Dapero e Jake Parsons) e dois da Team Pelfrey (Aaron Telitz e Pato O'Ward, caso ele tenha dinheiro para correr). Por regra, os carros da categoria expert, com carros bem mais lentos, não são permitidos em ovais com mais de dez graus de inclinação como Iowa.

A Pro Mazda a esse ponto de ter menos de dez carros na categoria principal devido a uma combinação de motivos, como:

  • Esse ser o último ano do chassi e do motor da categoria logo abaixo, a USF2000. Com essas duas mudanças, todos os que possuem os chassis Van Diemen padrão, fabricados desde 2002 e que serão substituídos, querem utilizá-los ou os vendem por preços mais baratos para não ficar com carros encalhados.  Isso faz com que a maioria das pessoas que tenham algum interesse se voltem para a USF2000 cheia de chassis a oferecer e esquecem da "um pouco mais cara" Pro Mazda.
  • O preço para se correr ser muito próximo do que se gasta na USF2000 e muito distante da realidade da Indy Lights. Isso faz com que muitos, pelo menos no lado financeiro, prefiram fazer duas ou três temporadas na USF2000 e pular direto para a Indy Lights, ao invés de gastar um pouquinho mais e correr na Pro Mazda.
  • As outras franquias fora da INDYCAR, como IMSA, TUSCC, SCCA e até a FIA com a F4 Norte-Americana, criaram categorias de acesso sólidas para mover o interesse das equipes nos últimos anos. Muitas equipes, como a JDC Motorsports, a M1 Racing, a World Speed Motorsports, a AIM Motorsports, a Team GDT e até a Andretti, que possuem programas mais sólidos em outras categorias ou outras franquias.
Com isso tudo, a categoria acabou perdendo as equipes para outros campeonatos e seus dinheiros e pilotos interessados na Indy para a USF2000 ou a Indy Lights, e ficamos sem pilotos para correr em Iowa.
Pro Mazda em Iowa, 2012.
Para as próximas etapas, graça a categoria expert, que põe pilotos semi-profissionais com mais de 30 anos para correr, e fins de semana com mais de uma prova, a Pro Mazda deve encher o mínimo do grid para não precisar cancelar mais etapas, mas continuará passando vergonha com grids mínimos até o fim do ano, pelo menos.
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário