Lights: Pigot vence a última prova e é campeão!

Spencer Pigot vence a última prova de ponta a ponta e se sagra campeão da Indy Lights em 2015 com uma virada na última etapa do campeonato.
Juncos toda meninona, vencendo o campeonato em sua estreia!
Bem, vimos no sábado Pigot e a Juncos Racing dominando a última prova do ano. Com a colocação dos outros postulantes ao título, Spencer já tinha oito pontos de vantagem sobre Jack Harvey e 25 pontos a frente de Ed Jones, o terceiro colocado do campeonato.

Mas quem largava na ponta da última prova era Max Chilton, com Pigot em segundo, Harvey em Quarto e Jones em quinto. Não aconteceu tanta coisa na corrida, mas a largada compensou.
Última largada de 2015. Foto: Marshall Pruett
Chilton não é um ás em largadas paradas, com isso logo Pigot emparelha com o inglês para tomar a ponta, mas não contava com a super largada de Jack Harvey. O outro inglês da SPM se via novamente no segundo lugar do campeonato, o mesmo lugar em que terminou em 2014, e só havia um jeito de mudar essa situação num circuito tão travado como o de Laguna Seca: ser agressivo na largada.

Assim que viu a verde, Harvey acelerou tudo o que pode e emparelhou com Pigot e Chilton na reta principal, para dividir curva. Chilton tenta se manter por dentro do hairpin e espalhar para cima de Harvey na segunda perna, já que Pigot ficou um pouquinho pra trás, mas Harvey consegue desviar de Chilton na disputa inglesa. Max espalha demais e passa na terra, enquanto Harvey sai incólume.

O que ninguém esperava é que Pigot fizesse a tomada do hairpin toda por dentro, passasse os ingleses
e assumisse a ponta da prova, com Sean Rayhal em segundo, Chilton depois de repassar Harvey na curva cinco em terceiro e Harvey em quarto.

Shelby Blackstock ressurge das cinzas, passa RC Enerson e as duas Belardi pra ficar em quinto lugar. Juan Piedrahita sai da primeira curva em sexto, seguido por Enerson, Serrralles, Anderson, Ringel e, uma semana atrás (tanto é que você não o vê na foto de largada) Choi Haemin.
último feito de Anderson na temporada: dar bandeira amarela.
Ao passar na reta de largada/chegada na primeira volta, o câmbio de Scott Anderson não dá sinais de vida, e o piloto da SPM abandona a prova, deixando uma bandeira amarela como legado. Durante essa bandeira amarela veio a notícia que definiria o campeonato: Jack Harvey foi punido por queimar a largada, e relargaria do fundo do grid.

Como dito anteriormente, nada mais aconteceu nas putras 33 voltas da prova. Na prova, Pigot continuou liderando com Rayhal muito próximo o tempo todo, mas sem conseguir a aproximação necessária para tentar o bote em algum lugar inexistente para ultrapassagens em Laguna Seca, teve de ver Pigot vencer e se consagrar campeão da Lights! 

Chilton passa em terceiro lugar, sem incomodar Rayhal e sem ser incomodado por Blackstock, que segurou todo o resto do pelotão e terminou num excelente quarto lugar. Pouco atrás no comboio estavam Jones, Piedrahita, Serralles e Harvey, respectivamente.


Resultado da prova e Pigot Campeão!!

Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário