Frases da corrida: Mid-Ohio


Olá pessoas! Você tem essa curiosidade de saber o que os pilotos falaram sobre a etapa de Mid-Ohio? O Indy Center Brasil traz pra você agora: 



Começando pelo cara que agora está a 9 pontos do líder, e que é vidente nas horas vagas:

"I grew up at this place, running around when my dad was racing. Of all the races, and the ‘500,’ this would be the one to me that means the most, the one I'd want to win the most. I dreamt of this for a long, long, long time. In fact, I had a dream Friday night that I won. I guess sometimes dreams do come true."



Cresci nesse lugar, andando por aí enquanto meu pai corria. De todas as corridas, além da Indy 500, esta é a que diz mais, a que eu mais quis vencer. Sonhei com isso por um longo, longo, longo tempo. De fato, tive um sonho na noite de sexta que eu tinha vencido. Acho que, às vezes, sonhos podem se tornar realidade.



Seu pai nem esboçou reação...



“I’m so happy for him. To win at home is a big deal.”




Estou tão feliz por ele! Vencer em casa é uma grande coisa.




Ok, foi realmente uma pequena reação, mas Bobby Rahal foi até o filho dar os parabéns antes de comemorar a vitória no victory lane. Devemos lembrar do domínio Rahal nos anos 80, e também que esta é a casa do garoto.

Justin Wilson, saudoso por alguns participantes deste site, teve uma belíssima segunda posição, jogando o histórico ruim que tivera na pista e mais algumas costelas quebradas pelo ralo:

“It feels great to get a second place. I was pushing like hell to try and get past Graham on that lap 84 restart. I knew I couldn’t lean on him or bang wheels with him – he’s a Honda driver going for the championship, so that was in the back of my mind. At the same time I wanted to push him as hard as I could, make him honest and make him earn it. I had one more push-to-pass left but Graham was too quick. We pushed as hard as we could.”

Me sinto bem em pegar um segundo lugar. Eu estava forçando como um condenado para passar Graham na última relargada. Sabia que não conseguiria segurar ele ou brigar roda com roda. Ele é um piloto Honda lutando pelo campeonato, então isso ficou na minha mente. Ao mesmo tempo, eu queria forçar ele o máximo que pude, deixando ele ser honesto e conseguindo com louvor. Eu tinha mais um push-to-pass, mas Graham estava muito rápido. Nós forçamos o máximo que pudemos.



Wilson também agradeceu à equipe Andretti que deu essa chance dele correr em algumas provas deste ano. A equipe, inclusive, conseguiu colocar seus quatro carros no Top 10.

Simon Pagenaud era o último dos Penskes que você achava ter no pódio, mas mesmo saindo da décima quinta posição, e com alguns problemas, um terceiro lugar para um péssimo campeonato é até louvável:


"It was a tough weekend, we had some mechanical issues earlier but it's funny how it works."



Foi um fim de semana complicado. Tivemos alguns problemas mecânicos logo antes mas foi até engraçado como ficou no fim.



Outro que não pode passar despercebido é uma Dale Coyne, a Minardi da Indy, estar em sexto na classificação final da prova. Pela segunda vez no ano, o novato do ano de 2013, Tristan Vautier, conseguiu um surpreendente Top 10:

“Coming home sixth is great for me and for the team. I had a blast out there. I was able to put in some very good lap times while saving some fuel. It was great to be able to lead some laps with such a good race car. The team is a small group of great people and I am having a blast this year. Overall, it was a great end to our race weekend.”


Chegar em sexto é ótimo para mim e para a equipe. Eu me diverti muito. Fui capaz de fazer voltas rápidas enquanto salvava combustível, isso foi bom para que eu pudesse liderar algumas voltas com um bom carro. A equipe é um pequeno grupo de grandes pessoas e eu estou adorando este ano. Em geral, foi um belo final para terminar o fim de semana.



O mais votado nas apostas de todo mundo, Scott Dixon, já previa após a classificação que era melhor o pessoal não ter levantado tanto a bola dele não:

"That's racing. It's tough when everyone has the same pace, same tires and you get stuck in traffic. There's such a big wake with these new aero kits that it's tough to get around people. Obviously, Graham got the strategy right so congratulations to him and the championship is pretty tight now."


Isso é corrida. É complicado quando todos estão com o mesmo rendimento, mesmos tipo de pneus e você fica preso no tráfego. É um despertar tão grande estes novos aerokits que fica difícil passar gente. Óbviamente, Graham pegou a estratégia correta, então, parabéns a ele e o campeonato fica apertado agora.



Já o mais injustiçado do dia foi o atual líder do campeonato, Montoya. O colombiano não fez nada de errado, mas saiu com um prejuízo de 30 pontos:

"We did everything we were supposed to do today and the race was playing out perfectly for us. Unfortunately, we got a caution with about 25 laps to go that we didn’t need. It worked out for some and didn’t work out for others. But we had a great car and we still have the points lead. Ready for Pocono where we won last year.”


Fizemos tudo que foi proposto para fazermos hoje e a corrida estava sendo perfeita para nós. Infelizmente, tivemos uma amarela faltando 25 pro final que a gente não precisava. Ela funcionou para alguns e não funcionou para outros, mas tivemos um bom carro e ainda estamos na frente do campeonato. Estou pronto pra Pocono onde vencemos anos passado.

Todas as informações e fotos foram retiradas do sites da IndyCar. com e Racer.com


Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário