Kanaan comenta sobre acidentes e lembra: "Sempre foi um esporte perigoso"

Tem sido uma semana difícil na IndyCar devido aos constantes acidentes nos treinos paras as 500 Milhas de Indianápolis, o que deixa uma certa desconfiança no ar para a corrida no domingo.

Tony Kanaan, porém, não está em pânico. Em vez disso, o piloto teve tempo para explicar o por quê dos pilotos fazerem o que fazem, mesmo depois de grandes acidentes no Indianapolis Motor Speedway nesta semana.

Tony foi direto em suas opiniões. (Foto: LAT)

"Nós precisamos entender que este é um esporte extremamente perigoso. E sempre foi assim, desde o século passado. Nós estamos bem conscientes disso. Sempre que entramos em um carro de corrida, não temos a certeza de que vamos sair inteiros", disse.

"Isso é o que nos faz diferentes de outras pessoas. Nunca é fácil quando um amigo fica ferido, mas este é o esporte que nós escolhemos. Se as pessoas se sentem desconfortáveis ​​com isso, então eles não devem entrar em um carro de corrida", reiterou.

Além disso, o baiano também demonstrou confiança nos novos aerokits.

"Eu confio nos engenheiros que fizeram os kits. Não dá para sair tudo perfeito, mas fazemos o melhor para que seja um grande show. Acidentes acontecem, odiamos isso, mas é assim o nosso trabalho".

Fonte: Fox Sports USA
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário