Chevy faz reparo em motores e perde 220 pontos.

A fabricante de motores teve de fazer um reparo em motores e foi punida com 220 pontos a menos no campeonato de fabricantes.

A fabricante de motores fez um reparo significativo em onze de seus doze motores entre as rodadas de St. Petersburg e NOLA. Os carros que sofreram reparos, que tipo de reparo foi realizado e o quão grave era o defeito nesses motores não foi divulgado.

O fato é que a montadora perde muitos pontos no campeonato de fabricante de motores. Nesse campeonato, cada fabricante de motor recebe os pontos dos seus três pilotos mais bem colocados na prova, por exemplo: em St. Petersburg, a Chevy marcou os pontos de Montoya (51), Power (44) e Tony (35), enquanto a Honda marcou os pontos de Hunter-Reay (26), Hawksworth (24) e Marco Andretti (20).

Entretanto, a regra 10.6.4.4 prevê três tipos de penalizações: 10 pontos a menos para cada motor que não completar as 2500 milhas mínimas previstas em regra e 20 pontos a menos para cada motor que quebrar durante um fim de semana de corrida e para cada motor que precisar de reparos não convencionais, os quais é necessário a permissão da INDYCAR.

Como foi necessário esse tipo de reparo em onze dos doze motores Chevy do campeonato, a montadora perdeu 220 pontos nessa brincadeira. Agora o campenato de fabricantes segue assim para NOLA:

1º: Honda, 70 pontos
2º: Chevy, -92 pontos.
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário