Grande Premio de Houston se prepara para sua segunda chance

Para evitar os problemas do ano passado, os organizadores do Grand Prix de Houston, disseram que estão planejando uma corrida muito mais suave nesta temporada depois dos solavancos no traçado que causaram uma série de problemas no ano passado.

Nada de chicanes temporárias esse ano (fonte: Chron)

Construção de um circuito de rua implica em uma série de desafios, mas não se espera que a pista para adicionar obstáculos. No ano passado, um bump na curva um virou os resultados e o campeonato de pilotos de cabeça para baixo. O então líder Helio Castroneves atingiu o fundo do poço na segunda corrida quando destruiu sua caixa de marchas e terminou o fim de semana vendo sua vantagem de 49 pontos desaparecer.

Menos de um ano depois, os organizadores da corrida estão trabalhando para transformar o estacionamento do NRG Stadium (estádio de futebol americano e um dos estádios oficias da seleção dos Estados Unidos) em uma pista de IndyCar. E eles antecipam que os problemas do ano passado não vão mais acontecer: "Segunda-feira da semana passada (2 de junho), demolimos parte da pista e colocou-se concreto novo naquela área", diz Martyn Thake, que está supervisionando a reconstrução do circuito. "Não foi como no ano passado, quando começamos a construção muito tarde e consertávamos a pista durante os trenos livres. Foi lamentável e nós, pelo menos, fomos capazes de enfrentá-lo para que pudéssemos continuar o evento no ano passado. Isso atrapalhou todo nosso calendário, mas tivemos que fazer e aceitamos as penalidades de nosso erro"

Complexo do NRG Park (foto do twitter: @indy18wheels)
No ano passado, a construção em torno do antigo Reliant Park não poderia começar até depois de 29 de setembro, por causa de um jogo do Houston Texan's. Uma vez que um problema no asfalto foi descoberto, a IndyCar foi forçada a atrasar as atividades de pista (que incluíam a Pro Mazda, USF2000 e Indy Lights, além do evento principal da IndyCar) e erguer uma chicane de pneus que os pilotos tiveram que desviar durante duas sessões de treinos. Isso funcionou até Josef Newgarden atingir a chicane, derrubando-a na frente de Castroneves.

Oficiais de pista passaram a noite toda arrumando o local da colisão, mas não resolveram o problema. E na segunda corrida, o três vezes vencedor das 500 Milhas de Indianápolis Dario Franchitti ficou ferido em um acidente na última volta da prova, que também feriu 13 fãs e um funcionário da IndyCar Series.

Esse ano a construção do circuito começou um mês antes.
As corridas deste ano são  nos dias 28 e 29 junho, bem antes da temporada da NFL, dando a Thake e compania tempo suficiente para resolver quaisquer problemas. "Obump na primeira curva foi inesperado", disse o gerente geral do evento Austin Crossley. "Trabalhamos muito próximos à IndyCar esse ano, demos uma volta pela pista e temos reparado o grande bump na curva um, suavizamos alguns outros e pensamos que estará pronto aqui em duas semanas."

Crossley afirmou que a construção será feita a tempo de se colocar carros na pista bem antes da corrida, em vez de colocá-los na noite anterior a prova, como no ano passado. A esperança é que o foco deste ano esteja na corrida e não a topografia do circuito.

"Aprendemos muito com as duas provas (do ano passado), mas vai ser muito mais agradável este ano, que não haverá muitas colisões lá", disse Will Power, piloto da Penske que venceu a segunda corrida do ano passado. "As corridas de rua são nossas melhores corridas. São agressivas. Essa é uma grande pista, proporciona diversão para o público. É um circuito de rua típico e onde um monte de ação acontece."

Fonte:  Darrell Rovell, Associated Press.
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 comentários:

  1. O traçado sera o mesmo ?

    ResponderExcluir
  2. Sim, sem modificações nele, apenas vai ficar melhor o piso.

    ResponderExcluir