Fan Force United anuncia que irá alinhar um carro em 2015.

A Fan Force United & a Xclusive Marketing Agence anunciaram parceria e confirmaram que Stefan Wilson assinou com a equipe para ser o seu programa na Indycar em 2015. Além disso, a equipe está trabalhando para tentar competir ainda nesta temporada, em um ou dois eventos com Wilson na direção.


A Fan Force United vem buscando a oportunidade de expandir sua estrutura para além da IndyLights, e faz o possível para alinhar um carro em uma temporada completa na IndyCar. A equipe juntou-se com a Agência de Marketing Xclusive para fazer desse pensamento uma realidade durante o mês passado. A parceria alinha entusiastas de corridas e empresários juntos, e com eles a jornada de correr na elite do monoposto americano.  

Atualmente a equipe corre na Indy Lights
"Estamos muito animados em ter Stefan como piloto de nossa equipe. Ele entrou na FFU de corpo e alma. Além de ser rápido, ele é muito persistente. Ele faz o que for preciso para ser veloz, correr é sua vida e ele é um dos mais simpáticos pilotos de todo o padoque. Mal podemos esperar para levá-lo no caminho certo." Disse o co-proprietário da FFU Chris Williams.

A equipe já assinou uma carta de intenções com um grande patrocinador, Jilcat Industries, para 2015 e prossegue com seus esforços na procura de outros patrocínios para chegar na IndyCar o mais competitiva possível. A Xclusive está utilizando sua experiência, relacionamentos e conhecimentos para atrair empresas, de modos ortodoxos e não-ortodoxos, para oferecer novos níveis de exposição, branding, aquisição de clientes, mensagens de marcafidelização e muito mais. 

"Nós estamos realmente animados em polinizar nossa ideia para empresas que não estão no mundo das corridas, a fim de trazer novas oportunidades e emoção para os fãs, patrocinadores e para a categoria", disse Chris J. Holdsworth, Presidente e CEO da Xclusive. A equipe irá anunciar patrocinadores adicionais, parcerias e pintura do carro ao longo dos próximos meses. 

Stefan fez sua única corrida na categoria em Baltimore.
O piloto de 24 anos, Stefan Wilson está ansioso para estar de volta, ter a oportunidade de correr e mostrar o que ele tem para oferecer na pista em 2015.  Ele vinha tentando entrar na categoria desde que terminou seu terceiro ano da Indy Lights, em 2011.  Desde então, conseguiu correr apenas uma corrida na Indycar no ano passado, em Baltimore pela Dale Coyne Racing, e nesse ano houveram rumores do piloto conseguir alinhar um 34º carro com apoio da Chevrolet, o que acabou não acontecendo.

Falando sobre o anúncio, Wilson disse que "Este é um momento muito emocionante para todos nós da Fan Força United, tendo a Jilcat Industrials como parceira em um carro para 2015 e além disso, é um sonho se tornado realidade para todos os envolvidos. Eu tive a chance de correr para Fan no final Indy Lights em 2012, no circuito de Fontana. Eles não sabiam muito sobre mim e eu não sabia muito sobre eles, mas mesmo assim conseguimos o melhor resultado da equipe no ano, e nos tornamos grandes amigos desde então".

"Eu corri para um monte de equipes diferentes ao longo da minha carreira e acho que nunca corri para um time com tanta paixão pelo automobilismo como a Fan Force United. Eles trabalham muito duro, é por isso que é tão emocionante. Agora, tendo a Jilcat Industrials como parceiro e aumentando os nossos recursos, acho que podemos realmente fazer muita coisa!"

"Ainda há muito trabalho a fazer antes de partir para a parte prática da temporada, mas sabendo que eu estou um passo mais perto de alcançar meu sonho de competir na 500 Milhas de Indianápolis, é realmente emocionante! Eu estou ansioso para ter um bólido o ano todo novamente e ser capaz de aplicar-me 100% a este programa. Eu só tenho que agradecer a Chris Williams, Tyce Carlson, Tim Donahue, Chris e John Holdsworth e todos na Fan Force United e Xclusive pela a sua fé e confiança em mim, eu mal posso esperar para começar."

A Fan Force United, correndo as 500 milhas de 2012
A Fan Force também fez apenas uma corrida pela Indycar.  Em 2012, a equipe fez parceria com a Lotus-Judd para alinhar o 33º carro das 5000 milhas de Indianáplois daquele ano para Jean Alesi.  A equipe, infelizmente, não conseguiu desenvolver grande velocidade, devido a problemas dos motores Lotus, e sua corrida acabou apenas com nove voltas.  Desde então a equipe não alinhou mais no grid, e é considerada a equipe com o pior resultado na Indycar da década.
 
"Estamos muito animados por ter Stefan como um membro da família Fan Force," afirmou o co-proprietário/ex-piloto/corretor de imóveis Tyce Carlson. "Stefan é um piloto jovem e muito talentoso, tivemos o privilégio de correr com esse carro em nosso carro da Lights em Fontana em 2012 e num caminho complicado fizemos um carro de corrida perfeitocompetitivo imediatamente naquele fim de semana. Eu sei que ele tem trabalhado muito duro este ano tentando parcerias para um carro e estamos muito felizes por sermos capazes de dar-lhe um lugar para chamar de seu e começar a sua carreira em tempo integral na IndyCar."
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário