Tempestade em Indianápolis cancela restante do treino, e Viso lidera terceiro dia de preparação para Indy 500

93 minutos foi o tempo que os pilotos tiveram nesta terça-feira (13) para ajustar os carros visando as 500 Milhas de Indianápolis. O céu carrancudo começou a amedrontar o pessoal que estava no Indianapolis Motor Speedway enquanto se observava o radar e seus pontos imensos com as cores vermelhas se aproximando. Às 14h33 locais, a chuva chegou de vez; pouco mais de uma hora depois, a direção de prova verificou que não haveria mais condições de treinos.

Ernesto Viso acabou como o mais rápido. O venezuelano substitui, no carro #27, James Hinchcliffe, que se recupera de uma concussão estranhamente sofrida durante o GP de Indianápolis no último sábado. O canadense deve passar por novos exames amanhã para ser liberado a voltar a correr. O tempo de Viso foi 40s091, mais lento do que Ryan Hunter-Reay, um dos parceiros na Andretti, fizera ontem.

Viso foi o mais rápido do dia. (Foto: Indycar)

Kurt Busch é que vem surpreendendo pela adaptação rapidíssima aos monopostos. Campeão de 2004 na Nascar e ainda correndo pela categoria de stock car, o norte-americano que também faz parte do quinteto da Andretti terminou em segundo, 0s058 atrás.

Confira como foi o terceiro dia de treinos em Indianápolis

A ameaça de chuva a qualquer momento promoveu uma verdadeira corrida dos pilotos à pista. Nunca se viu tanto carro junto: 30 carros andaram hoje, com a volta de Sebastián Saavedra ao batente. O colombiano, pole do GP de Indianápolis, estava afastado esperando seu carro ficar pronto depois do forte acidente na largada daquela corrida. Mas andou pouco, coitado, sete voltas.

A sessão chegou a ser paralisada por causa de Juan Pablo Montoya. Também colombiano, o piloto viu sua Penske ficar lenta e tentou parar na faixa interna da pista para não atrapalhar os demais. A direção de prova achou por bem dar bandeira amarela. Ainda assim, Juan Pablo terminou em terceiro.

De resto, tudo correu mais ou menos como nos outros dias. Hunter-Reay ficou na quarta colocação e Marco Andretti foi o quinto — os dois haviam terminado em primeiro e segundo ontem. Penske e Andretti estão muito bem acertadas, já se nota bem. Scott Dixon tenta colocar a Ganassi ali no meio: foi sexto.

Vencedor do GP de Indianápolis, Simon Pagenaud acabou na sétima posição, logo à frente de Josef Newgarden, um dos pilotos da equipe de Sarah Fisher. O novato Sage Karam, da Dreyer & Reinbold Kingdom/Ganassi, ficou em nono e Takuma Sato, da Foyt, terminou em décimo.

Os brasileiros ficaram juntos: Helio Castroneves (Penske) acabou com o 14º tempo e Tony Kanaan (Ganassi) foi o 15º. As atividades serão retomadas nesta quarta-feira, a partir das 13h (de Brasília).

Indy, 500 Milhas de Indianápolis, treinos livres, dia 3:


Fonte: Grande Prêmio
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário