Pro Mazda: Garett Grist Vence de ponta a ponta a Night Before the 500. Nicolas Costa termina na quarta posição.

O piloto da Andretti Autosport surpreende e lidera de ponta a ponta a corrida no Lucas Oil Raceway.  Após um fim de semana muito turbulento na Team Pelfrey, Nicolas Costa corre bem na sua estreia nos ovais e termina a corrida na quarta posição.


Treinos

Depois dos testes de sexta-feira, quando a Juncos Racing dominou completamente todas as sessões com Spencer Pigot, o desempenho não mudou na primeira sessão de treino livre, e a Juncos dominou com Pigot liderando (109,457 mph) e Jose Gutierrez na segunda posição (109,136 mph).  Nicolas Costa, o único brasileiro na prova por uma série de circunstâncias, ficou na nona posição (108,181 mph), nesse fim de semana que estreia em ovais.

No segundo treino livre a situação mudou completamente, pois Pigot e Gutierrez não foram a pista por julgarem que seus carros já estavam suficientemente preparados. Com isso e o tempo com temperatura mais alta, Garett Grist (108,099 mph) foi o mais rápido do resto, mesmo com velocidade média mais baixa do que o feito anteriormente.  Ryan Booth (JDC Motorsports, 107,364 mph) e Anders Krohn (Team Pelfrey, 107,315 mph).  Nicolas Costa continua com sua adaptação e faz o sétimo tempo (106,737 mph).

Mas no treino classificatório a situação mudou de vez.  Por algum motivo estranho, a ordem dos treinos
classificatórios foi mudada (primeiro seria os treinos da USF200 depois os da Pro Mazda, daí inverteram e a Pro Mazda foi primeiro).  Os pilotos saíam individualmente, e davam duas voltas rápidas, com a média delas contando para a classificação.

Mas, mesmo assim, Spencer Pigot foi o terceiro a entrar na pista, e liderava a sessão até que no final Grist consegue duas voltas sensacionais, e largaria da pole!  Com Pigot segurando a segunda posição, Shelby Blackstock (Andretti Autosports) em terceiro e Nicolas Costa fazendo duas voltas excepcionais (a segunda volta dele foi a terceira mais rápida do treino, ficando atrás apenas das duas voltas de Grist) assegura a vaga pra terceira fila, na quinta posição.

Corrida

As 90 voltas foram disputadas, a começar pela largada.  Anders Krohn não larga muito bem, e cai de quarto para sétimo ainda na primeira volta.  Com isso Nicolas Costa assumia a quarta posição, logo atrás de Grist, Pigot e Blackstock (primeiro, segundo e terceiro, respectivamente).  

Os pilotos permaneceram nessa formação por algum tempo, com as brigas maiores sendo relegadas as posições mais intermediárias.  Grist não conseguia abrir diferença para Pigot, que abre vantagem pro pelotão formado por Blackstock, Costa e Hargrove.

E assim permaneceu até a volta 38, quando Blackstock é ultrapassado tanto por Costa quanto por Hargrove, e cai para o quinto posto.

Com o passar das voltas, os pneus vão se desgastando e perdendo rendimento.  Os pilotos que mais economizaram começaram a andar mais rápido e ganharam terreno na prova perante os gastadores de pneus.  Nisso, Grist começou a abrir vantagem para Pigot, que começou a perder terreno perante Costa e Hargrove.  Mais atrás Blackstock ainda continuava com problemas, e perderia posições para Krohn e Neil Alberico, caindo para o sétimo posto.

Na parte final da prova, Grist já liderava com seis segundos de vantagem para Pigot, que já não tinha
diferença visível pra Costa e Hargrove.  Faltando apenas dez voltas pro fim, Hargrove dá um sprint final e passa tanto Nicolas quanto Spencer, e assume a vice-liderança e fazendo voltas mais rápidas que o líder da prova.  Mas não houve o número de voltas necessário  para correr atrás do temo perdido e Garret Grist vence!  Scot Hargrove cruza a linha de largada/chegada na segunda posição, com Spencer Pigot em terceiro, segurando Nicolas Costa que completa em quarto apenas alguns décimos atrás.

Não repare que o pódium é feito em cima de um caminhão

E após essas sete rodadas, o líder do campeonato continua sendo Spencer Pigot com 180 pontos, três a mais que Scott Hargrove, o segundo colocado.  Kyle Kaiser e Neil alberico dividem o terceiro lugar, com 127 pontos, 15 pontos a frente de Shelby Blackstock, o quinto colocado.  Nicolas Costa é décimo primeiro no campeonato, com 63 pontos.

E a próxima etapa é no circuito de estacionamento em Houston, Texas, dias 28 e 29 de junho.
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário