Chaves se vinga de Veach e ganha em Long Beach. Razia termina em quinto lugar.

Após ultrapassar o piloto da Andretti ainda na largada, o piloto colombiano partiu para vencer praticamente de ponta a ponta, e eles agora dividem a liderança do campeonato.  Razia largou e chegou na quinta posição.


A largada teve apenas onze carros, pois o bólido de Lloyd Read apresentou problemas, e o piloto só saiu dos boxes com onze voltas já completadas.  Mas a primeira posição de Chaves foi conquistada logo na largada, quando o piloto da Belardi Autosport pulou na ponta posicionando seu carro a direita de Zach Veach e Matthew Brabham (Andretti Autosport) e contornando a primeira curva na ponta.  Nessa largada Luiz Razia, que estava na quinta posição, foi ultrapassado pelo seu companheiro de equipe, Jack Harvey, e o inglês da Schmidt Peterson entrou na esquina da Aquarium Way na frente do brasileiro.

Abaixo tem o vídeo da largada, feito pelo Road to Indy TV:



A largada:  Chaves em primeiro, seguido por Veach, Brabham, Baron, Harvey e Razia
Após a largada o colombiano apenas administrou a diferença para Veach e Brabham, que abriam grande diferença para o resto do grid.  Os três pilotos permaneceram o tempo todo a menos de três segundos um do outro, e abriam quase um segundo por volta para Alex Baron.

Com uma corrida de 45 voltas, administrar o desgaste dos pneus é importantíssimo. Como se sabe no padoque, os carros da Belardi consomem um pouco mais de pneus, e os de Gabby Chaves começaram a acabar na volta vinte. Veach, vendo a oportunidade da vitória, pressionou ainda mais para tentar retomar a ponta, mas não obteve sucesso e seus pneus também acabaram, o que o relegou a segunda posição e sacramentou a vitória de Chaves.



Matthew Brabham fez uma corrida sólida.  Tentou se posicionar ao lado dos líderes na largada, mas foi relegado a terceira posição e, apesar de dar dois toques no muro, conseguiu acompanhar o ritmo dos líderes de perto para completar na terceira posição.

Harvey e Razia abrindo distância do pelotão do fundo.
Mais atrás, Alex Baron pilotava sozinho para chegar na quarta posição administrando uma diferença de cerca de quatro segundos para a dupla melhor colocada da Schmidt Peterson:  Jack Harvey e Luiz Razia, quarto e quinto respectivamente.  O brasileiro pressionava o inglês desde que foi superado na largada, ficando atrás do companheiro apenas por impedimento estérico.  Os dois digladiaram até o fim pela posição, mas Harvey ficou na frente do brasileiro e, quando Alex Baron começou a ter problemas no seu Belardi, assumiu a quarta posição, com Razia em quinto Lugar a menos de um segundo e Baron conseguiu se arrastar nas duas últimas voltas para completar em sexto.

Nos pilotos do fundão, a disputa foi intensa até o meio da prova, quando Scott Anderson (Fan Force United) segurava atrás de si os hispanicos Juan Piedrahita e Juan Pablo García (ambos da Schmidt Peterson) e os dois pilotos da Team Moore (Zack Meyer e Vittorio Ghirelli).  Na volta 21, Piedrahita consegue a ultrapassagem e começa a abrir vantagem.  Na volta 27, García faz o mesmo, e Vittorio Ghirelli abandona com problemas na direção de seu carro, parando nos boxes para não mais voltar.

O resultado final ficou assim:


No campeonato o líder ainda é Zach Veach com 93 pontos, com um ponto a mais que Gabby Chaves.  Jack Harvey fica na terceira posição, com 67 pontos; o brasileiro Luiz Razia está em quarto, sete pontos atrás de seu companheiro e três pontos a frente de Matthew Brabham.

Momento Brazzers:  Gabby Chaves.




Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário