Post Page Advertisement [Top]

Em nota divulgada nesta sexta-feira (28), a RLL falou pela primeira vez sobre o processo movido pela Panther que terá de responder na justiça. E a equipe não se mostrou preocupada com o imbróglio.

A Panther perdeu para a RLL o patrocínio da National Guard. Agora, a corporação do governo norte-americano estampará o carro de Graham Rahal. O que o time de John Barnes reclama é que o processo de escolha teve irregularidades que levaram a uma seleção injusta.

A National Guard era patrocinadora principal da Panther. (Foto: IndyCar)

A esquadra de Bobby Rahal, David Letterman e Michael Laningan foi direta: “A RLL acredita que é triste e desapontador que a Panther tenha processado o processo de seleção da National Guard sob tão duras acusações. A RLL também acredita que a ação da Panther não tem nenhum mérito como uma questão de fato e direito.”

“Os advogados da RLL vão defender vigorosamente a equipe para que ela possa focar no que importa mais: representar os corajosos homens e as corajosas mulheres da National Guard e vencer corridas.”

A Panther ainda não confirmou seus planos para a temporada 2014 da Indy. A RLL contará com Graham Rahal e mais um piloto, ainda a ser definido.

Fonte: Grande Prêmio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]