Post Page Advertisement [Top]

Felix Rosenqvist, da Chip Ganassi, liderou a tabela de tempos em uma confusa sessão de treinos livres para a corrida no Alabama. O sueco fechou o cronômetro em 1m09.2296s logo nos primeiros giros, quando muitos dos veteranos optaram por esperar a primeira fase da sessão e acabaram sendo afetados por uma sequência de bandeiras vermelhas. Tudo isso limitou significativamente o andamento dos treinos nos últimos 15 minutos.


O brasileiro Matheus Leist, da Foyt, foi o primeiro a ter problemas quando perdeu a traseira do seu carro e acabou rodando e acertando o muro na saída da curva 6. Esse acidente deu origem à primeira bandeira vermelha do treino, a 20 minutos do fim. Quando os pilotos estavam apenas começando a atingir as velocidades ideais depois do recomeço, Takuma Sato, Tony Kanaan e James Hinchcliffe giraram quase que simultaneamente em diferentes partes da pista, provocando outra parada nos trabalhos.

Sebastien Bourdais conseguiu dar oito voltas e fechou o treino sendo o segundo mais rápido, a apenas 0,04s do tempo de Rosenqvist, deixando James Hinchcliffe, Scott Dixon e Ryan Hunter-Reay para completar os cinco primeiros.

Confira os tempos do TL1 em Barber:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]