Post Page Advertisement [Top]

A Indy pode retornar ao Brasil. Pelo menos é o que garante o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella. Nesta quarta-feira ele recebeu representantes da categoria e divulgou em suas redes sociais a grande novidade que deve acontecer já em 2020. Os organizadores estimam que a prova gere R$ 150 milhões de impostos para a cidade, além de 5 mil empregos provisórios.


Segundo o prefeito, a pista incluirá o Sambódromo e um trecho da Avenida Presidente Vargas. Vale lembrar que a Indy (como CART) já correu no Rio de Janeiro entre 1996 a 2000 no extinto autódromo de Jacarepaguá. A cidade de São Paulo também chegou a receber etapas da categoria em seu Sambódromo no período de 2010 a 2013. A Indy esteve perto de retornar ao país em 2015, em uma etapa que deveria ocorrer no Autódromo de Brasília, mas a corrida foi cancelada pouco antes da sua realização.


Atualização 09/11

Um dia após o anúncio de Crivella, Mark Miles, CEO da IndyCar, disse a sites americanos que não existe uma confirmação sobre a corrida no Rio. O presidente de competições e operações da categoria, Jay Frye, disse que no momento "não existe nada para comentar".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]