Post Page Advertisement [Top]

A montadora nipônica deixará de dar apoio financeiro à Indy Lights, Pro Mazda e USF2000 a partir da temporada que vem.
Foi anunciado nessa terça feira (31 de julho) o fim da parceria entre a Mazda Motorsports e a Andersen Promotions, no que tange a patrocínio. A montadora nipônica era patrocinadora principal das categorias de base da Fórmula Indy a nove anos.

Segundo a Mazda Motorsports, o principal motivo para a decisão foi remanejamento de recursos para suas divisões de turismo e endurance relacionados com sua marca:
"A nossa empresa continuará comprometida com uma variedade de programas de automobilismo nos próximos anos, incluindo nossas iniciativas de corridas de clubes, Global MX-5 Cup, a Mazda Road mais de dois milhões de dólares fornecidos como premiação aos campeões das três categorias do Road to Indy e para o campeão do Road to Indy Shootout 24 e a Mazda Team Joest." diz John Doonan, diretor da Mazda Motorsports.

Os  mais de dois milhões de dólares fornecidos como premiação aos campeões das três categorias do Road to Indy e para o campeão do Road to Indy Shootout, bem como o fornecimento de motores para a Pro Mazda, USF2000 e Indy Lights também não deve ser afetado.

No entanto, os apoios dados aos pilotos campeões estão em risco, o que acaba se tornando um problema para as categorias. Muitas delas, principalmente a USF2000, usam o programa de recompensa para o campeão como propaganda do Road to Indy, e muitos pilotos estão nas categorias de base da Fórmula Indy buscando essa premiação.

No demais, a Andersen Promotions, empresa que administra o Road to Indy, busca um novo patrocinador principal. A Cooper Tires foi cogitada, mas ela já declarou que, pelo menos nesse primeiro momento, não deseja investir mais na categoria para deixar seu posto de patrocinadora associada.

Alguns também cogitam a entrada da Honda, mas essa entrada exigiria uma reformulação de todo o Road to Indy, pois  uma montadora nipônica patrocinar um campeonato que tem outra montadora nipônica fornecendo motores, onde uma das categorias tem o nome e o mote de outra montadora, como é o caso da Pro Mazda e seus motores de cilindro único rotativo, são coisas que afastam a Honda (e muitas montadoras) do patrocínio principal. Além disso, a Honda já fornece motores para a F4 USA e para a nova F3 Americas, rival quase direta do Road to Indy.

O que resta agora é aguardar novidades. É quase certo que a premiação para campeões continue, mesmo que bancado pela Andersen Promotions ou pela Hulman & Co., que é dona da Fórmula Indy; mas encontrar um novo patrocinador para substituir a Mazda, que estava tão associada e arraigada no Road to Indy, não será uma tarefa fácil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]