Post Page Advertisement [Top]

Ao contrário da prova de sábado, a corrida 2 da rodada dupla da Indy neste domingo foi mais movimentada. Até mesmo antes da largada, o Pace Car que era guiado pelo executivo da GM, Mark Reuss, bateu no muro e atrasou o início em meia hora.

Foi o 17º triunfo de Hunter-Reay na Indy, o primeiro do ano. Ele não vencia desde a etapa de Pocono em 2015. Will Power foi o segundo colocado e Ed Jones completou o pódio. Tony Kanaan foi o melhor brasileiro da prova, terminando na sétima colocação e Matheus Leist foi o 14º.

A prova teve o início atrasado, devido ao acidente ocasionado pelo executivo da GM, Mark Reuss, que guiava o Pace Car e atingiu a curva 2. Confira abaixo:


Cerca de meia hora depois, a largada ocorreu de maneira limpa, com Rossi mantendo a liderança, seguido de Wickens e Power. Mas ainda na primeira volta, Spencer Pigot rodou e foi para o muro, trazendo a bandeira amarela.

A relargada ocorreu na quinta volta, sem mudanças entre os ponteiros. Leist era o 13º e Kanaan ocupava a 16ª colocação.

Assim como no sábado, alguns pilotos que não estavam na frente pararam na 10ª volta, pensando em três pit stops. Sem parar, Leist escalou o pelotão e na 17ª volta já ocupava a oitava posição.

Na 20ª, Rossi abria cerca de seis segundos sobre Wickens. Dois giros depois, Santino Ferrucci rodou, mas sem que a bandeira amarela fosse acionada. Temendo a bandeira de precaução, os líderes entraram nos pits para o primeiro pit stop.

Na volta, Leist ocupava o 11º lugar e Kanaan era o quarto colocado.

Na metade da prova e com várias táticas em curso, Hunter-Reay fazia sua segunda parada, e Rossi reassumia a ponta, seguido de Power. Leist era o nono e Kanaan, com uma parada a mais, era o 13º.

No 38º giro, Bourdais rodou de maneira espetacular na curva 1, mas não bateu. Mas ele não ficou imune a problemas na suspensão traseira esquerda e teve que ir para os boxes.

Rossi fez sua última parada na 47ª volta, trazendo todos aqueles que tinham tática de duas paradas. Hunter-Reay, que ainda tinha que fazer um pit stop, tinha 15 segundos de vantagem e torcia para não acontecer uma bandeira amarela.

Na volta 53, Hunter-Reay fez sua parada e retornou mais de sete segundos atrás de Rossi, com Power em terceiro. Kanaan era o oitavo e Leist era o 14º.

Mas aos poucos a diferença entre os dois primeiros foi caindo e a pressão sobre Rossi aumentando.

Faltando seis voltas, Rossi passou reto na curva 3 e cedeu a ponta para Hunter-Reay. Quando voltou, o piloto da Andretti estava com o pneu dianteiro esquerdo estourado e teve que ir para os boxes.

Com isso, Hunter-Reay foi para a vitória, com Power em segundo e Ed Jones em terceiro. Kanaan finalizou em sétimo e Leist em 14°.

A próxima etapa da Indy acontece no Texas no próximo sábado, 9 de junho. Confira abaixo o resultado final da prova:


Fonte: Motorsport/IndyCar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]