Post Page Advertisement [Top]

Pela primeira vez desde 2001, um carro da Foyt liderou a Indy 500 pela força de seu desempenho, com Tony Kanaan na frente do pelotão por 19 voltas, o terceiro piloto que mais liderou a prova, perdendo apenas para Ed Carpenter e o vencedor Will Power.

Parecia que após bastante tempo a Foyt teria uma boa chance de garantir a vitória nas 500 Milhas. Mas tudo acabou dando errado inicialmente com um furo no pneu do carro de Tony, e posteriormente com o seu acidente algumas voltas depois.

"Tivemos um ótimo dia e, em seguida, tivemos um furo no pneu que nos deixou para trás o dia todo", disse Tony. "Não foi por falta de tentativas, voltamos da parte de trás para o top-10. Foram grandes relargadas, mas não era o nosso dia."

"Temos uma grande coisa acontecendo, esse time é muito promissor, então vamos sair daqui com a cabeça erguida. Tivemos ótimos pit stops, e quero dizer que não era o nosso dia e terminar em nono ou último para mim, não importa. Não estou tentando dar uma desculpa, cometi um erro ao tentar, e para mim está tudo bem. Estou ansioso pelo futuro desta equipe."

Dono da equipe, AJ Foyt tratou de demonstrar seu apoio a Tony, apesar do desfecho na corrida

"Você não precisa se desculpar por isso. Eu entendo que você está tentando chegar à frente. Se você não tivesse aquele pneu furado, não estaria naquela situação. Você deu um show a eles."

Tony Kanaan, seu companheiro de equipe Matheus Leist e os outros pilotos da Indy voltam a acelerar neste fim de semana para a rodada dupla em Detroit. Você pode conferir os horários das atividades na pista clicando aqui.

Fonte: Motorsport

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]