Post Page Advertisement [Top]

O filho de Bryan Herta se redime dos fins de semana não tão bons em Barber e St. Pete varrendo o fim de semana em Indianápolis Misto. Victor Franozni consegue seu segundo pódio no ano.
O terceiro dos dez fins de semana da Indy Lights aconteceu no layout misto do Indianápolis Motor Speedway. E, infelizmente, o grid da principal categoria de acesso à Fpormula Indy se esvaziou ainda mais, pois Alfonso Celis Jr, piloto da Juncos Racing em Barber, não correrá mais na categoria, pois usou quase todo seu orçamento para acertar com a equipe na Indy principal, correndo em Road America. Com isso, não só o grid se reduziu de oito para sete carros, mas também o brasileiro Victor Franzoni ficou solo na Juncos Racing.

Com quatro carros, a Andretti conseguiu leve vantagem e os dois principais pilotos da equipe, Colton Herta e Pato O'Ward, conseguiram uma vantagem leve sobre a dupla da Belardi Auto Racing (Santiago Urrutia e Aaron Telitz) e de Victor Franzoni. No fim, Pato O'Ward teve melhor desempenho nas voltas rápidas e conseguiu as duas poles, tanto na sexta de tarde para a corrida 1 quanto no sábado à tarde para a corrida 2. Colton Herta consegugiu os dois segundos lugares, enquanto Victor Franzoni fez uma boa volta na sexta e conseguiu o terceiro lugar para a corrida 1, mas não repetiu o desempenho no sábado e ficou em sexto lugar no grid da corrida 2, ficando atrás de Urrutia, Telitz e Norman.

Royal Purple Synthetic Oil Grand Prix of Indianapolis supporting the Lupus Foundation of America Race 1


A esperada batalha entre O'Ward e Herta pelo primeiro e segundo lugar da grelha foi prejudicada desde o início, pois Victor Franzoni, que vinha em terceiro na largada, deu um bump em O'Ward e o mexicano foi para fora da pista na curva 1. Herta, que vinha lado a lado com O'Ward, ficou sem espaço e também foi para fora da pista. Ambos caíram para o quarto e quinto postos.

No caos, Santiago Urrutia pulou do quinto lugar para a liderança, à frente de Franzoni, Telitz, O'Ward e Herta. Ryan Norman passou por Dalton Kellett em sexto na segunda das 30 voltas previstas.
O'Ward (27) saindo da pista enquanto Urrutia (5) e Franzoni (23) o passam.
No final da quinta volta, O´Ward e Herta aparecem claramente mais rápido que Telitz e estão se aproximando, tentando passar por ele, enquanto Franzoni e Urrutia brigavam pela ponta. Nesta fase, são os três carros não-Andretti Autosport que correm primeiro, segundo e terceiro à frente dos quatro carros Andretti Autosport.

Herta pressionou novamente O'Ward pelo quarto lugar, e passou pelas Curvas 1 e 2 da nona volta e, imediatamente começou a pressionar Telitz pelo terceiro lugar.

A briga pela ponta mudou completamente na volta onze. Franzoni tentou novamente colocar por fora de Urrutia na curva sete, mas o uruguaio conseguiu se defender e Franzoni perdeu todo o impulso, e Telitz começou a forçar para conseguir a vice-liderança do brasileiro. Ele tenta passar para o segundo lugar na curva 12, mas Franzoni erra a saída da curva e cai para o sexto lugar, ficando a frente apenas de Dalton Kellett.

No entanto, apesar de Telitz ter passado Franzoni para fazer um breve dobradinha da Belardi Auto Racing, Herta imediatamente o alcançou. Herta tentou passar o lado de fora de Telitz na curva 1 e passou para o segundo, seguindo à caça de Urrutia. No final da volta 12, Urrutia agora lidera Herta por 1.3566 segundos e atrás deles, agora está Telitz em terceiro, O’Ward em quarto, Norman em quinto, Franzoni em sexto e Kellett em sétimo.

Na volta 15, Herta tenta colocar por fora de Urrutia na Curva 1. O uruguaio se defende, mas mantém a liderança. Na volta seguinte, Urrutia é incapaz de se defender contra a jogada de Herta - sua terceira tentativa do lado de fora de um carro Belardi na curva 1. Urrutia tenta defender por dentro, mas Herta passa Urrutia e assume a liderança.

Na volta 18, a vantagem de Herta é de 1,83 segundos sobre Urrutia, que agora tenta segurar seu companheiro de equipe, Telitz para se manter em segundo. O'Ward está em quarto, à frente de Norman, Franzoni, incapaz de se recuperar e Kellett.

E, bem, apesar de todas as emoções da primeira metade da prova, a metade final fica morna, com Telitz tentando atacar Urrutia, mas não conseguiu colocar seu #9 ao lado do #5 em lugar algum. Herta vence! Urrutia passa em segundo e Telitz fecha o pódio para a Belardi em terceiro, com Franzoni terminando a prova na sexta posição.
Resultados e pódio

Royal Purple Synthetic Oil Grand Prix of Indianapolis supporting the Lupus Foundation of America Race 2


A largada da segunda prova, realizada no domingo de manhã, foi bem mais tranquila que a da primeira prova. O'Ward conseguiu manter a liderança, mas Herta errou a largada e a dupla da Belardi o ultrapassou, com Urrutia assumindo o segundo lugar e Telitz assumindo o terceiro posto.

A ação começa no a segunda das 35 voltas, quando Herta e Telitz se tocam na curva 1, lutando pelo terceiro lugar, e Telitz cai para último, enquanto Herta perde o terceiro lugar para Franzoni. Enquanto isso, Urrutia coloca por dentro de O’Ward na curva 7 e assume a liderança.

Na 7ª volta, O''Ward marcou a volta mais rápida e volta a se aproximar de Urrutia, ficando a menos de um segundo do uruguaio. Enquanto isso, Herta desconta diferença para Franzoni e fica a menos de um segundo do brasileiro, conseguindo se posicionar e usar o push to pass para reassumir o terceiro lugar, enquanto o piloto da Andretti estava 1,6 segundo a frente de Telitz.

Enquanto O'Ward e urrutia brigavam pela liderança, com o uruguaio praticamente na caixa de câmio do mexicano, Herta lentamente se aproximou, ficando a menos de 2,3 segundos dos dois primeiros colocados, na 12ª volta. 

Paralelamente, Telitz se aproximou de Franzoni quando estava a menos de 0,7 segundos e seguiu sua caixa de câmbio. Telitz passou pela curva 7 no quarto lugar, passando por Franzoni com perfeição. O brasileiro tentou continuar a disputa, colocando seu carro do lado de fora na curva 1, mas não conseguiu fazê-lo, o que os envolveu dentro das garras de Norman.

Na volta 15 de 35 é um par de grupos de três carros, com Urrutia, O'Ward e Herta separados por 1,9 segundos, enquanto a briga pelo quarto lugar formada por Telitz, Franzoni e Norman, estava separada por apenas 0,8 segundos.

O'Ward e seu pneu furado.
Na volta 22, com toda a pressão de Urrutia e Herta, O'Ward freia demais na curva 1, fritando os pneus e abrindo a porta para Urrutia e Herta agarrarem a chance e passarem facilmente o mexicano. Para piorar ainda mais a situação, logo descobre que o pneu de O'Ward tem problemas, e acaba abrindo um rasgo no pneu traseiro esquerdo, obrigando o mexicano a fazer uma parada não programada e perdendo uma volta, ficando no sétimo e último lugar para não mais sair até o fim da prova.

Na confusão, Urrutia conseguiu abrir um segundo e meio para Herta, que foi, aos poucos, voltando para próximo do uruguaio para disputar a liderança. A diferença volta a ser de menos de meio segundo oito voltas depois e, na volta 30, Herta já está novamente colado em Urrutia. Nessa volta, Herta usa o lado de fora para tentar passar na curva um, com Urrutia defendendo a parte de dentro, os dois entram na curva um lado a lado, mas o uruguaio espalha e Herta vai para a grama! 

O filho de Bryan Herta não perde posições, mas tem de descontar mais meio segundo de diferença, e consegue colar novamente no carro vermelho da Belardi na volta 32. O drama alcançou seu nível máximo nas voltas 32 e 33. Urrutia se defendeu por dentro na curva 7 com Herta atrás dele no final da volta 32 por apenas 0,2101 segundos.


No giro 33, Herta estava logo atrás do líder. Urrutia novamente escolheu a linha interna para defender, com Herta indo para o lado de fora. Ele quase passou na saída da curva 1, colocando por fora do uruguaio, mas Urrutia espalhou bastante e, não cedendo um centímetro, os dois colidiram na curva 2, com o pneu dianteiro direito de Herta pegando a traseira esquerda de Urrutia, que rodou. O contato veio depois de uma batalha dura, mas não desencadeou qualquer punição por parte da direção de prova. 

Herta se manteve na ponta e, como tinha uma boa vantagem para Telitz e Franzoni, terminou em primeiro e venceu a corrida 2! Telitz segurou o brasileiro a prova quase toda e terminou em segundo, com Victor Franzoni salvando um pódio e terminando em terceiro.
Resultados e pódio da corrida 2.
Agora, com seis das 17 provas disputadas, O'Ward ainda se manteve na ponta do campeonato com 145 pontos, apenas um a frente de Herta e seis a frente de Urrutia, que brigam mais diretamente pelo título da Indy Lights em 2018. Victor Franzoni vem em quarto, apenas 26 pontos atrás do líder, e ainda se mantém regular enquanto espera a oportunidade certa para brilhar. 

A próxima corrida é a aclamada Freedom 100, disputada no oval do Indianápolis Motor Speedway na sexta-feira que vem. Até lá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]