Post Page Advertisement [Top]

Confira alguns números e estatísticas que se destacaram na 1ª corrida da temporada 2018 da Fórmula Indy, em St Petersburg.

1.54 - Posição média na corrida para o novato Robert Wickens durante as 110 voltas nas ruas de São Petersburgo;

3 - Posições conquistadas por Spencer Pigot (18º para 15º) e Takuma Sato (15º para 12º) nas últimas 11 voltas da corrida;

4 - Pilotos desde 1946 que conseguiram a proeza largar na pole position em sua primeira corrida na Indy. Robert Wickens se juntou a Jud Larson (1956 - Indiana State Fairgrounds), Nigel Mansell (1993 - Surfers Paradise) e Sebastien Bourdais (2003 - São Petersburgo);

6 - Diferentes equipes representadas nas 10 melhores posições em St Pete;

6.36 - Posição média na corrida para o vencedor da corrida Sebastien Bourdais durante as 110 voltas da prova;

10 - Número de corridas consecutivas lideradas por Josef Newgarden, que não conseguiu manter a façanha em St. Pete. Foi a terceira vez desde 2015 que a Penske não conseguiu liderar uma volta sequer em uma corrida (Milwaukee 2015 e Long Beach 2017 foram as outras);

19 - Idade de Matheus Leist e Zachary Claman De Melo em St. Pete. Para efeito de comparação, nenhum dos pilotos havia nascido quando Tony Kanaan fez sua estréia na Indy em 15 de março de 1998;

22 - Posições conquistadas por Graham Rahal (24º para 2º), mais que qualquer outro piloto;

29 - Número de voltas em que Kanaan melhorou sua posição, mais que qualquer outro piloto;

37 - Vitórias de Bourdais na Indy (incluindo ChampCar), que ocupa o sexto lugar na lista de mais vitoriosos de todos os tempos;

201 - Largadas consecutivas de Marco Andretti, a quarta série mais longa do histórico da Indy;

225 - Largadas consecutivas de Scott Dixon, a segunda série mais longa do histórico da Indy;

283 - Largadas consecutivas de Tony Kanaan, estendendo ainda mais o seu recorde;

366 - Número de ultrapassagens registradas na corrida em St. Pete.

Fonte: IndyCar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]