Post Page Advertisement [Top]

O americano da Belardi e o mexicano da Andretti disputaram pau a pau pelas duas poles, com cada um conseguindo uma, Telitz na prova 1 e O'Ward na prova 2. Franzoni consegue se garantir no meio do grid.
Finalmente começou a temporada! A Indy Lights começa em St. Pete com um grid minguado de apenas nove carros e só dois pilotos estreantes, na primeira de onze etapas do ano. Alfonso Celis Jr. estava escalado para correr a abertura do campeonato pela Juncos, mas optou por participar de um dia de treinos em Sebring pela IMSA, deixando a equipe de Ricardo Juncos com apenas um representante. O fim de semana terá duas provas e, com isso, tivemos dois treinos classificatórios e um único treino livre de 45 minutos.

Nesse treino único, realizado na sexta de manhã, tivemos apenas uma bandeira amarela com vinte minutos de treino, quando Santi Urrutia errou na curva três e acabou batendo razoavelmente forte na saída da mesma. Todo o processo de resgate, retirada dos pedaços de carro e inspeção dos muros demorou dez minutos, e a sessão recomeçou faltando quinze minutos para o fim.

A sessão foi marcada pela briga pela melhor volta entre dois pilotos que tem que mostrar serviço essa temporada: Aaron Telitz e Pato O'Ward. Ambos não possuem patrocínios fortes para subir à Indy, e tem de ser campeões para darem o passo final no Road to Indy e subirem para a categoria principal. Depois de quase 40 minutos trocando voltas rápidas, o mexicano da Andretti conseguiu baixar de 1:06, mas Telitz conseguiu baixar ainda mais o tempo faltando dois minutos para o fim da sessão, e teve a volta mais rápida.

Um pouco mais atrás, o brasileiro Victor Franzoni disputou com dois pilotos da Andretti: Colton Herta e Ryan Norman (e, no treino classificatório, Santi Urrutia) no meio do pelotão, enquanto a dupla da Team Pelfrey e Dalton Kellett preenchiam o fundo do grid.


O treino classificatório para a primeira corrida foi uma versão menor do treino livre. Telitz conseguiu novamente superar O'Ward e conseguiu a pole, relegando o mexicano para o segundo lugar, dessa vez por uma margem um pouco maior. Herta e Urriutia lideraram o pelotão intermediário, com Franzoni e Norman dividindo a terceira fila, a Team Pelfrey lotando a quarta fila e Kellett fechando o grid.


No sábado de manhã foi realizado o treino classificatório para a segunda prova em St. Pete e, apesar de parecer normal, ela foi um pouco diferente. Brigando junto cm Telitz e O'Ward veio Colton Herta, que achou um acerto milagroso entre sexta e sábado e começou a brigar pela pole, enquanto Franzoni e Urrutia vinham um pouco mais atrás, destacado do grupo do fundão com Norma, Alberico, Blackstock e Kellett.

Telitz vinha com a melhor volta até dez minutos antes do fim do treino, quando Herta melhorou e passou para pole, que não durou muito quando Pato O'Ward fez uma volta muito próxima de 1:04 e cravou a pole. Telitz tentou de tudo para melhorar seu tempo, mas acabou batendo na curva nove, danificando muito sua suspensão e a lateral de seu carro, também colocando em dúvida sua participação nas duas corridas.

Franzoni conseguiu garantir a segunda fila quando Santiago Urrutia teve problemas de tráfego e não conseguiu melhorar seu tempo, tendo de largar em sexto na segunda prova e perdendo para o brasileiro e para Neil Alberico.

Ah sim, Kellett fechou o grid.



A primeira corrida já aconteceu, com a segunda prova acontecendo pouco antes da prova da Indy. Até lá!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]