Post Page Advertisement [Top]

Marshall Pruett, colunista da revista RACER, cravou a mudança da emissora de TV aberta que transmitirá a Indy no ano que vem nos EUA.
Um dos grandes pontos que sempre abriu discussão foi o contrato de televisão em vigor para a Fórmula Indy nos Estados Unidos. 

Como um de seus últimos atos na presidência da IRL (que mudaria de nome para INDYCAR dois anos depois) foi a assinatura de contratos de TV com ABC na TV aberta e com a antiga Versus in HD na TV fechada, com a ABC transmitindo cinco eventos durante o ano e a Versus transmitindo todos os outros eventos, com as duas tendo que fazer a transmissão ao vivo no caso de eventos dentro do horário. O ponto mais questionável do contrato era sua duração: dez anos.

Dez anos se passaram, a Versus in HD faliu e foi comprada pela NBC, se tornando o canal de esportes da emissora, chamado de NBC Sports Network (NBCSN) e, desde 2016, a NBC/NBCSN transmite também a segunda parte da temporada gigantesca da NASCAR. A ABC, depois de modificar um bocado sua grade, estabeleceu a partir de 2014 como corridas a serem transmitidas a abertura do campeonato, as corridas em Indianápolis e o fim de semana logo após as 500 milhas. As audiências tiveram leve aumento durante esse tempo.

Entretanto, nos últimos tempos houveram muitas críticas sobre a falta de qualidade das transmissões da ABC. Os boatos da saída da ABC sempre existiram desde do ano passado, e alcançaram seu máximo no fim de semana, quando um dos chefes de meteorologia de uma das afiliadas da ABC tweetou que 2018 seria o último ano da Fórmula Indy na ABC, incluindo as 500 milhas de Indianápolis.

Esse boato adquiriu mais força quando a ABC confirmou a compra dos direitos da Fórmula Um em outubro do ano passado, que estava em posses da NBC. Parece lógico uma troca de direitos, tendo em vista que a audiência de ambos eram parecidas na TV fechada, tendo em vista que a NBC já demosntrou interesse em mostrar corridas da fórmula Indy em TV aberta, mas era impedida por contrato.

Tanto ABC quanto NBC não comentaram sobre o assunto da renovação até o momento, enquanto Mark Miles, Presidente da INDYCAR, resignou-se a dizer que não há nada acertado ainda. "É um pouco prematuro, mas esperamos anunciar algo logo".

O fato é que a mudança, caso ocorra, será bem vinda. A NBC, apesar da audiência um pouco menor, já possui público cativo da NFL e vem crescendo sua audiência em corridas com as transmissões da NASCAR no fim do ano e, segundo vários fãs, uma transmissão bem melhor do que o apresentado pela ABC nos últimos anos.

Isso, também, por enquanto, nada afeta as transmissões na TV brasileira, que ainda estão em posse da Band/Bandsports, que compram os direitos anualmente da empresa Image Net de Willy Herman e Carlo Gancia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]