• Sato lidera maratona de testes em Phoenix

    A RLL foi destaque dos testes coletivos da Indy que foram realizados nesse fim de semana no oval de Phoenix. A equipe liderou quatro sessões de treinos, sendo três delas com a novidade da equipe para a temporada, Takuma Sato.

    "Eu diria que o teste foi muito bem sucedido", disse Sato. "Foram feitas muitas experimentações, e acho que ao longo dos dois dias nós aprendemos muito. Ótimo carro, definitivamente ele exige mais fisicamente dos pilotos devido ao menor downforce."
    "Fizemos simulações de classificação e no tráfego. Acho que a Rahal Letterman Lanigan está muito forte, então estou ansioso para mais dois dias de testes no misto e espero estarmos prontos para St. Pete", completou o japonês.

    A Penske continuou mostrando sua força e colocou dois de seus três pilotos entre os cinco primeiros. Will Power ficou com o segundo melhor tempo das atividades, enquanto o atual campeão da categoria, Josef Newgarden registrou média horária de 189.399 mph e fechou em quarto, imediatamente à frente de Marco Andretti e Alexander Rossi.

    Os brasileiros foram bastante consistentes nos testes. Tony Kanaan esteve na parte da frente durante todas as sessões e se mostrou satisfeito com o resultado.

    "Foram dois bons dias. Testamos um pouco com o tráfego no fim. Vai ser complicado, definitivamente complicado. Ainda estamos aprendendo sobre o downforce, mas acho que, no geral, foi um teste positivo para nós. Aprendemos muito, não tivemos grandes problemas, e é o que estamos buscando agora para esta equipe é construir: construir confiança", disse.

    Conpanheiro de Tony na Foyt, o gaúcho Matheus Leist terminou em 12º na última sessão, sendo o décimo terceiro nos resultados combinados do fim de semana. Pietro Fittipaldi completou 285 giros e terminou em 10º no último treino, ficando com o décimo quinto lugar no combinado geral. Pietro expressou satisfação com o progresso que obteve.

    "A equipe está fazendo um bom trabalho e me ajudando a me acostumar. Tentamos coisas diferentes, então consigo ver o que as mudanças fazem em um oval, especialmente em simulação de corrida, quando você está com pneus usados. E também andamos um pouco no tráfego", disse.

    Pietro Fittipaldi em Phoenix.

    "Acho que demos um bom passo à frente neste teste final e fiquei feliz com meu progresso durante os três dias no carro. Mal posso esperar para voltar a Phoenix em abril", completou.

    Phoenix foi o último teste coletivo da Indy antes do início da temporada. As equipes vão realizar testes privados até a prova inaugural do campeonato que acontecerá no dia 11 de março nas ruas de St. Petersburg, na Flórida.

    Confira abaixo o resultado combinado de todas as sessões.


    Fonte: IndyCar/Motorsport
  • POSTAGENS RELACIONADAS

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário