Post Page Advertisement [Top]

Engenheira de corridas três vezes vencedora das 24 Horas de Le Mans, Leena Gade se juntou à Schmidt Peterson Motorsports para se tornar engenheira de corridas de James Hinchcliffe no carro #5. Sua escolha marca a primeira vez em que uma mulher ocupa o cargo de engenheira chefe na história da Indy.

Leena construiu a sua carreira com bons resultados nas categorias de protótipos. (Foto: ISR)

Embaixadora da Comissão de Mulheres no Automobilismo da F1, ela trabalhou em carros na F-BMW, A1GP, corridas de GT e também atuou por Jaguar, Audi e, mais recentemente, pela Bentley Motorsport.

A britânica também obteve o feito de ser a primeira engenheira mulher a vencer as 24 Horas de Le Mans, e, após seu segundo triunfo na prova francesa, foi escolhida como “Personalidade do Ano” no WEC.

“Estou realmente honrada que tive a chance de vir e trabalhar na Indy. Quando eu era criança, costumava assistir à Indy, especialmente quando Nigel Mansell veio. Acompanhei muito. Durante minha carreira nos protótipos foi um pouco menos, até que tive amigos que vieram aos Estados Unidos e trabalharam aqui, como Piers [Phillips, diretor geral da SPM].”

“Estou honrada em ter a chance. Será algo completamente diferente e tudo o que já fiz antes, então será uma grande curva de aprendizado, mas é um desafio que estou apreciando.”

O próximo teste da equipe será em Sebring, no dia 24 de janeiro.

Fonte: Motorsport

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]