Road to Indy: dia de treinos em Iowa

Domínio da Carlin na Indy Lights e nos treinos da USF2000 a Pabst Racing caminhava para um domínio, caminhava. 


A primeira etapa em oval pequeno da temporada para a Indy Lights e para a USF2000. Vamos acompanhar como vai se desenrolando a décima etapa da Indy Lights e a nona etapa da temporada 2017 da USF2000:

Indy Lights

A categoria segue com seus típicos 14 carros que competem desde Indianápolis, e isso é sim uma novidade. Chad Boat, que estava escalado para pilotar o quarto carro da Belardi esse fim de semana, acabou se acidentando em Gas City 69 Speedway, uma das etapas regulares do campeonato de USAC midget que o filho de Billy Boat vem disputando. a INDYCAR não liberou Chad para correr esse fim de semana e, como a Belardi não achou alguém a fim de comprar a vaga de Chad Boat, o grid voltou a ter 14 carros antes mesmo de ter 15 carros.
Neil Alberico e a Carlin eram só sorrisos.
Pois bem, esses 14 carros fizeram duas sessões de treinos hoje, uma no início e outr ano fim da tarde. Entretanto, os resultados não mudaram tanto: a Carlin dominou ambos os treinos, com Neil Alberico liderando a primeira sessão e Zachary Claman de Melo liderando a segunda.

Na primeira sessão o domínio da equipe inglesa foi mais acachapante, fazendo 1-2-3-5 com Alberico, Leist, De Melo e Rickards, respectivamente. Colton Herta, da andretti Autosport, foi o único a se intrometer no quarteto da Carlin no primeiro treino.

No segundo treino, apesra da liderança, a Carlin já não tinha mais um caminhão de vantagem. De Melo liderou, mas apenas ele e o brasileiro Matheus Leist estiveram representando a equipe no top 5 do segundo treino. Belardi e, principalmente, Andretti, liderada por Colton Herta, recuperaram terreno e formaram o top 10 do segundo treino. Herta apareceu no segundo lugar, junto com seu companheiro de equipe Dalton Kellett, em terceiro.
Já Dalton Kellett aprontou das suas...
Por falar em Kellettt, ele aprontou uma das suas no segundo treino livre. Ele vinha para ultrapassar seu companheiro de equipe, Nico Jamin, colocando por dentro, mas seu carro foi para baixo da linha branca e saiu de frente, tocando no seu companheiro de equipe e fazendo-o bater no muro. Enquanto kellett saía ileso do toque, Jamin perdia sua asa traseira e parte da suspensão direita de seu carro, terminando seu dia ali.

USF2000

Alex Baron está de volta ao mundo da Indy.
A etapa em Iowa é a mais importante para o campeonato da USF2000 pois essa é a única etapa em oval da temporada e, como muitas equipes economizam dinheir e revezam seus carros para quem paga mais, apenas aqueles que estão levando a sério o campeonato e estão focados em crescer na categoria participam dela.

Com isso, temos 13 carros no grid: três da Pabst, três da Pelfrey, dois da DEForce, dois da Exclusive, dois da ArmsUp e um da Cape. Newman Wachs, (Carlin) Benik (BN) (Kart), Kaminsky e John Cummiskey nem deram as caras nesse fim de semana.

Apesar de termos 13 carros, apenas onze disputaram todas as etapas até agora, já que Ayla Agren perdeu as duas últimas corridas, em Road America; e Alex Baron faz sua estreia na ArmsUp. Alex baron, aquele mesmo que disputou petade da temporada da Indy Lights em 2014, mas o dinheiro acabou e, na etapa que Bruna Tomaselli não participa, ele entra na equiep para ajudar seu companhjeiro de euquipe nessa tarefa de correr em ovais.
Lucas Kohl está no time a ser batido nesse fim de semana.
Tivemos dois treinos livres, um de três horas na sexta-feira e outro de uma hora no sábado. As equipes tiveram tanto tempo de pista porque essa era a primeira etapa disputada em oval com o novo chassi, o USF-17, assim se dá uma maior oportunidade para equipes e pilotos conhecerem o novo chassi em um oval

Na sexta-feira a Pabst Racing mostrou-se forte novamente, começando na lideranda desde o começo da temporada com Rinus Veekay. No meio do treino, a ArmsUp cresceu bastante com Alex Baron, e puxando Devin Wojcik para os três melhores tempos até o momento da sessão e, no fim dela, Calvin Ming (Pabst) depois de completar mais de duzentas voltas na sessão, surgiu para fazer o melhor tempo, oito décimos de milésimo mais rápido que Baron. Kohl teve alguns problemas no primeiro dia, completando apenas 51 voltas e terminando no sétimo lugar.

O segundo treino foi mais normal e a Pabst vinha dominando desde o começou com 1-2-3 formado por Veekay, Ming e Kohl, mas logo começou a aparecer um azarão. Kaylen Frederick (Pelfrey) de apenas 14 anos se destacou e, nos últimos minutos de treino, conseguiu o melhor tempo, apenas nove milésimos mais rápido que Ming. Veekay terminou em terceiro, e Kohl em quarto.



Os treinos classificatórios e as corridas acontecem nesse domingo, pouco antes da corrida da fórmula Indy. A Mazda Iowa 60 acontece as três da tarde, enquanto a Mazda Iowa 100 acontece as quatro da tarde, horário de Brasília. Até lá!!!
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário