[USF2000] Pacotão de pilotos novos que correrão em St. Pete

Aproveitando os últimos treinos coletivos antes do início da temporada, muitas equipes anunciaram acertos com pilotos para a USF2000 esse ano. Alguns para a temporada toda, outros apenas para essa primeira etapa e, entre eles Victor Franzoni.
Até a Menards vai entrar na categoria, patrocinando o carro #20 da RJB Motorsports, pilotado por Chandler Horton.
Faltando pouquíssimo tempo para a primeira rodada dupla do campeonato, realizada nas ruas de St. Petersburg, as equipes correm para fazer acertos para a temporada completa da USF2000. Vejamos quais são:

Oliver Askew escolhe a Cape Motorsports (sem Wayne Taylor) para estrear na USF2000

Askew fará sua primeira temporada completa nos monopostos aos 20 anos de idade.
A Cape Motorsports anunciou pouco antes do início da primeira sessão dos testes de primavera (28 de fevereiro) que assinou com o campeão do Mazda Road to Indy Shootout desse ano, Oliver Askew.

O americano de 20 anos, apesar de ter ganhado um sem número de títulos no Kartismo, possui puquíssima experiência com monopostos. Askew participou até o momento de apenas doze corridas em monopostos, sendo seis delas no Formula Masters China do ano passado e seis delas como convidado em dois festivais de Fórmula Ford. Entretanto, essa falta de experiência em corrida com monopostos vem sendo diminuída com um monte de testes privados que o piloto vem fazendo em parceria com os irmãos Cape desde o fim de outubro.

Toda essa quilometragem em treinos rendeu frutos, quando Askew liderou cinco das seis sessões de treinos nos testes de primavera realizados semana passada. O americano, a bordo do #3 da Cape Motorsports, conseguiu o melhor tempo nos dois dias.

A equipe também anunciou o fim da parceria com a Wayne Taylor Racing na equipe, que proverá apenas apoio técnico e consultivo a equipe dos irmãos Nicolas e Dominic Cape.

Exclusive Autosport completa seu time com Luke Gabin e Dev Gore

Luke Gabin fará sua terceira temporada completa na USF2000, e pela terceira equipe diferente.
A Exclusive Autosport, equipe canadense a estrear na USF2000, anunciou que fará a temporada completa com três carros, um a menos do que tinham anunciado na coletiva de fundação da equipe, em novembro. Além do vice-campeão do ano passado, a equipe contará com o australiano Luke Gabin e com o americano Dev Gore.

Luke Gabin partirá para seu terceiro ano na categoria. Após ganhar alguns títulos no Kartismo e fazer um ano de Skip Barber Racing School, ele correu a temporada de 2015 pela Team Pelfrey e a temporada de 2016 pela Jay Motorsports. Foram dois anos com equipes medianas, e o australiano alcançou o sexto e quinto lugares no ano retrasado e passado, respectivamente. Gabin é cogitado como um dos principais pilotos da categoria, devido a sua experiência e bons resultados no ano passado por uma equipe pequena, a JAY Motorsports.

Já Dev Gore parte para sua primeira experiência nos monopostos. O americano de 19 anos só havia corrido no kartismo, participando de alguns campeonatos da SKUSA desde 2015. Sendo assim, ele é uma incógnita para esse ano, ainda mais que seu carro quebrou nada menos que três vezes durante os dois dias de testes coletivos. 

Gore entra bastante pressionado na Exclusive Autosport, tendo em vista que seus companheiros de equipe são dosi dos três pilotos mais cogitados como favoritos para esse ano: Luke Gabin e Parker Thompson.


Team Pelfrey anuncia seu terceiro piloto para esse ano: Kaylen Frederick

Kaylen continua no amarelo e preto,
 só que na USF2000 agora.
A Team Pelfrey anunciou nesta quarta-feira (1º de março) o contrato com seu terceiro piloto esse ano para a temporada completa da USF2000, o americano Kaylen Frederick.

O piloto de apenas 14 anos, depois de uma carreira meteórica no kartismo, estreou nos monopostos no ano passado, na F-1600. 

Correndo pela própria Team Pelfrey, era o piloto mais jovem a correr nos monopostos americanos, foi o sétimo colocado do campeonato mesmo entrando apenas na terceira de seis etapas.

Nesse ano o piloto continuará na mesma equipe, mas mudará para a USF2000. Até o momento é o piloto mais jovem desse ano, mas não baterá o recorde de Colton Herta, o filho de Bryan Herta, por alguns meses de idade a mais.

Victor Franzoni correrá a etapa de St.Petersburg pela ArmsUp Motorsports

Franzoni correndo no USF-17 da ArmsUp Motorsports.
Entre os brasileiros, foi confirmado que Victor Franzoni estará presente na primeira rodada dupla do campeonato.

Assim como no ano passado, Victor Franzoni foi contratado pela ArmsUp Motorsports para os treinos coletivos pré-temporada e para a primeira rodada do campeonato, em St. Petersburg.

Esse será a quarta temporada disputada pelo piloto, e um dos primeiros contatos de Franzoni com o novo carro, e o paulista terá como companheiros de equipe a brasileira Bruna Tomaselli e o americano Devin Wojcik.



E já tivemos a primeira mudança de equipe do ano. Em dezembro, Rinus VeeKay tinha anunciado que disputaria o campeonato pela (Carlin) Benik, entretanto, no último dia de testes, anunciou que correrá no #38 da Newman Wachs Racing, que correrá agora com três carros. A (Carlin) Benik até o momento não anunciou substitutos para Rinus.



Pilotos confirmados na USF2000:

ArmsUp Motorsports:

Cape Motorsports:
Ricky Donison.
Oliver Askew.

DEForce Racing:

Exclusive Autosport:

Newman Wachs Racing:
Andre Castro

Pabst Racing:
Calvin Ming.
Lucas Kohl.

RJB Motorsports:
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

  1. Legal, grid está cheio. Se esses 18 pilotos forem andar a temporada inteira, o campeonato tende a ser interessante.

    ResponderExcluir