Diretor da Ford diz que montadora não planeja voltar à IndyCar

Em uma conferência de imprensa em janeiro no North American International Auto Show em Detroit, Jay Frye, presidente de competições e operações da IndyCar, falou longamente da resposta positiva que recebeu de vários fabricantes.

"No final das contas, isso significa que eles vão se inscrever? Não ", disse Frye, mas seu plano de cinco anos para IndyCar, que inclui um aerokit padrão a partir de 2018, certamente abre uma porta muito ampla para um terceiro fornecedor de motores. 

O rumor persiste que um fabricante novo pode se juntar à categoria em breve, talvez em meados de 2019, o que seria um tempo bastante plausível para a elaboração do projeto. Então quem?

Não temos certeza de quem será o novo fabricante - se é que realmente teremos um de fato - mas estamos bastante seguros de quem não será, com a Ford liderando essa lista. 

Raj Nair é o diretor técnico da Ford, além de um ex-piloto de monopostos. (Foto: Getty Images)

Em entrevista à Autoweek, Raj Nair, diretor técnico da Ford e vice-presidente executivo de desenvolvimento de produtos, disse que se houver um acordo entre IndyCar e um novo fabricante, não será com a Ford.

"Estamos bastante focados no que pensamos que pode ser abordado na produção, seja as ferramentas de engenharia ou tecnologia, ou o carro real, como o Ford GT, porque essa relevância realmente importa para nós. É difícil mostrar esse tipo de coisa nos carros de fórmulas como IndyCar ou F1", disse Raj.

"Na NASCAR, acho que todo mundo sabe que não é realmente um Ford Fusion, mas a semelhança física é importante, e os fãs ainda se relacionam com ele. Os carros da Indy são belíssimas máquinas, e tecnicamente muito divertidas de se trabalhar, mas eles não têm a mesma relevância."

A posição de Raj não é muito diferente de Jamie Allison, diretor de corridas da Ford entre 2009 a 2015, que já havia falado a respeito desse assunto.

"Nós fizemos a pesquisa", disse Allison. "Com exceção das 500 Milhas de Indianapolis, a IndyCar não ampliaria a base de fãs de automobilismo da Ford o suficiente para justificar a despesa com o projeto." 

O atual envolvimento da Ford no automobilismod inclui, essencialmente, NASCAR, World Rally Cross, Global Rally Cross, Fórmula Drift, British F4 Formula Ford, E em breve, com a ajuda do novo recruta da Ford, Tony Stewart, corridas de Sprint Cars.

Fonte: Autoweek
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 comentários:

  1. Bela matéria. Isso resume bem quais pontos a indy deve focar para conseguir chamar a atenção de montadoras e patrocinadores. Melhorar os contratos de televisão, fazer uma melhor promoção de suas corridas e dar um jeito de aumentar o público nas provas, principalmente nos ovais. Do jeito que está a tendência é a categoria se manter estável, mas não passa disso.

    ResponderExcluir
  2. Pessoal do indy center Brasil uma dúvida que me ocorreu porque a indy não corre em sebring? Estava vendo uma corrida la e me lembrei que os testes são la então porque não uma corrida la acho que seria show!!!!abraços a todos! !!

    ResponderExcluir