E a novela do calendário do ano que vem começa.

Mark Miles, semana passada, iniciou oficialmente os primeiros capítulos da novela "o calendário da Indy da próxima temporada". Vocês já conhecem os personagens:
Frye construindo o calendário da Indy.
"Esperamos anunciar o calendário em...": parece que Miles e a presidência da INDYCAR sempre faz mistério ou sempre é muito otimista com suas negociações, mas o fato é que o calendário nunca é lançado quando a presidência da INDYCAR espera anuncia-lo.

Miles disse, no dia 5 de julho: esperamos lançar o calendário definitivo no mês seguinte. O mês seguinte é agosto, será que as negociações terminarão e o calendário será anunciado até lá? duvido muito

Hermanos Rodriguez é a nova tentativa da Indy.
"Temos uma ou duas etapas estrangeiras em mente": usando a máxima do Canadá ser o 51º estado americano, a Indy não faz aventura para fora de seus limites desde 2013 com a etapa em São Paulo. Entretanto, o desejo de ter mais etapas fora dos EUA já vinha desde antes, em meados da década de 2000. 

Entretanto, nos moldes atuais, fazer uma etapa muito longe dos EUA fica muito custoso para quem sediará aprova, o que causa desinteresse por parte dos locais estrangeiros ou, quando esses se interessam, por muitas vezes acabam desistindo no caminho e cancelando tudo.

Para 2017, os alvos são a antiga prova de Surfer's Paradise e uma corrida no Autódromo de Hermanos Rodriguez. Prova na Austrália sempre tiveram grande apelo pelo número de pilotos vitoriosos oriundos do continente estranho, o problema maior talvez seja a logística, pois as equipes não querem atravessar metade do mundo muito rápido para voltar correndo depois pros EUA. Uma corrida no México, que não é tão longe, e em uma estrutura já completamente formada e conhecida, como Hermanos Rodriguez, parece ter mais apelo; mas o ponto é que a Indy parece já não ser tão mais influente na parte rejeitada da América do Norte e talvez a prova vire um fiasco.

Aguardemos os próximos capítulos.

O motivo de corridas fora de época serem difícil na parte norte dos EUA.
"As novas etapas em fevereiro": a INDYCAR tem a ideia resoluta de terminar a temporada de corridas antes da segunda metade de setembro, para evitar conflitos com NFL, com chase da NASCAR e outras coisas em sua busca por se encaixar em uma grade. Assim, para a temporada não terminar em seis meses (de março a setembro), a Indy sempre buscou realizar uma ou duas etapas "no mês de fevereiro" ou "após o Superbowl".

Mas nunca conseguiu. Por dois motivos: O clima atrapalha muito, pois grande parte dos autódromos americanos fica inviabilizado devido ao frio que faz no inverno americano ou as chuvas de inverno que atrapalham no sul dos EUA, e a inabilidade da categoria em atrair o personagem acima da nossa novela.

Aguardemos os próximos capítulos.

"Estamos trabalhando para (insira circuito antigo) voltar ao calendário." As pistas da vez são:

Gateway: Bem provável de entrar, pois a pista é meio que consenso entre os torcedores, os donos do circuito estão ainmados coma Indy voltar e Jay Frye tá fazendo um grande lobby a favor da prova.
Surfer's Paradise: o segundo personagem (e talvez o terceiro personagem também) de nossa novela fictícia.
Portland: Falta grana, e os Hulman-Geroge não colocam a mão no bolso já faz uns oito anos.
Nashville: Seria uma boa chance apenas se os Hulman-George ou um de seus amigos comprassem o circuito, porque ele está uma bagunça no sentido burocrático.
Fontana e Laguna Seca: o povo cogita a volta dessas duas apenas para brincar com nossas esperanças. 

É bem provável que uma entre. Se a Indy tiver sorte e bom poder de negociação, surgem duas.

aguardemos os próximos capítulos.
Pocono ficou completamente chocada ao ver que a Indy tinha pouco público.
"Faltam alguns detalhes para a prova X continuar no certame": Por algum milagre divino, apenas uma prova está capengando para 2017. Obviamente é um oval e, obviamente é uma prova de 500 milhas e, obviamente também, é uma prova patrocinada pela ABC Supply. 

Sim, estamos falando de Pocono. Os donos do circuito não estão muito felizes com a quantidade de pessoas que estão indo assistir a prova, e o fato da data ser próxima as provas da NASCAR talvez seja um dos fatores para o baixo público. Entretanto, mudar de data é meio complicado e datas sobrando geralmente só tem para o terceiro personagem da novela e também os próprios diretores de Pocono pediram essa data, bem como a data anterior.

Então resolver esse imbróglio será difícil, aguardemos para ver se Jay Frye, Mark Miles e toda a turma da INDYCAR consegue resolver tudo isso, nos próximos capítulos!!
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário