Matthew Brabham testa em Sebring visando Indianapolis

Australiano de 22 anos, neto de Sir Jack Brabham, disputará pela PIRTEK/Team Murray em parceria com a KV Racing o GP de Indianapolis e a Indy 500 no mês de maio.


Brabham andando em Sebring. (Foto: Divulgação/Team Murray)

Na última terça e quarta-feira (26-27), Matthew Brabham realizou testes no Sebring International Raceway com sua equipe na qual disputará todo o mês de maio em Indianapolis, a PIRTEK/Team Murray em Parceria com a KV Racing.

O piloto de 22 anos, australiano e neto de Sir Jack Brabham, tricampeão mundial de F1, disputou as categorias de base da Indy entre os anos de 2012 e 2014, e também algumas provas da Fórmula E em 2015. Desde então planeja disputar a 100th Indy 500 para tentar continuar o legado de seu avô, que disputou a lendária prova por quatro oportunidades, durante a década de 60.

Sebring, aliás, foi onde Matthew conquistou sua primeira vitória em terras norte-americanas, durante a etapa da USF2000 na pista da Flórida, em 2012.

Retornando a pilotar um carro da Indy após oito meses, em testes pela Andretti Autosport em Iowa Speedway e Sonoma Raceway em 2015, Matthew andou com o carro de Sebastien Bourdais, modificado com seus patrocinadores e com o número #61, que foi o ano onde seu avô disputou pela primeira vez a Indy 500, terminando em nono lugar.

Os treinos foram para principalmente Matthew se aclimatar com o carro visando ambas corridas em Indianapolis: “O nosso objetivo aqui foi de justamente começarmos a nos sentir confortáveis com o carro e, a partir de então, começar a fazer tempos competitivos para entrar no nível dos demais pilotos”, afirmou Matthew após os treinos.

“Também estamos trabalhando para eliminar os pequenos detalhes afim de deixar o carro todo pronto para o Grande Prêmio de Indianapolis, em 14 de maio, de modo que não perderíamos tempo com a aclimatação do carro ao chegarmos para essa etapa”, continuou Brabham.

“É bem diferente de um Honda (que Matthew guiou com a Andretti ano passado), e me senti um pouco diferente para dirigir um Chevy. Preciso apenas adaptar meus estilos de pilotagem de maneira que possa extrair o máximo deste carro. Isso realmente me abriu os olhos para perceber esse lado das coisas e agora posso me concentrar exclusivamente para as corridas em Indianapolis no próximo mês”, concluiu o australiano.

A performance de Matthew chamou a atenção do veterano engenheiro Andy Brown, que estará ao lado do piloto nestas duas etapas: “Eu acho que Matthew é um daqueles talentos excepcionais cuja a inexperiência poderá não afeta-lo, e pode realmente ajuda-lo, devido ao seu entusiasmo de jovem”, declarou Brown.

Brabham ao lado de Andy Brown (à esquerda), engenheiro da equipe. (Foto: Divulgação/Team Murray)

Brabham é confiante de que pode vencer no misto de Indianapolis, uma vez que, em 2014, quando pilotava na Indy Lights pela Andretti, conquistou a sua primeira vitória na categoria na primeira corrida no traçado misto do lendário circuito, sendo que ainda terminou em quarto na corrida do dia seguinte, na rodada dupla da Lights em 2014.

“Eu tive um certo sucesso lá, é uma pista fantástica e gostei muito. É muito bom poder retornar lá após um ano de ausência. Estou entusiasmado para andar pela primeira vez com um Indycar por lá, onde teve corridas sensacionais nos últimos dois anos”, complementou Brabham.

Confira abaixo o vídeo da equipe de Matthew Brabham com algumas imagens dos treinos em Sebring:


O Grande Prêmio de Indianapolis ocorre no dia 14 de maio, num sábado. Os treinos oficiais começam na quinta-feira (12).

Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário