Silly Season 2016: Update #1


A temporada 2015 ainda nem acabou, mas já se ouvem no padoque as tradicionais especulações sobre trocas de pilotos nas equipes. Confira as primeiras informações da Silly Season 2016, fornecidas por Marshall Pruett, jornalista da revista Racer.



Com a construção de uma loja em Indianápolis e a expansão para dois carros patrocinados pela ABC Supply, a AJ Foyt Racing esperava ter uma vida mais fácil em 2015. Mas a verdade é que nada aconteceu como planejado. Takuma Sato e Jack Hawksworth não vêm colhendo resultados muito promissores. O piloto japonês, agora em seu terceiro ano com a Foyt, tem um pódio em Detroit 2 para seu crédito, já o estreante Hawksworth tem dois sétimos lugares em Detroit, melhor resultado seu até agora.

Com as distrações da pré-temporada da Foyt em mente, pode valer a pena dar à dupla uma outra chance, e Hawksworth, em particular, precisa de um segundo ano com Foyt para obter a experiência necessária nos circuitos ovais.É inteiramente possível que ambos os pilotos estarão nos mesmos carros no próximo ano. As últimas corridas vão ditar o futuro da equipe. Mas sem resultados, no mínimo, aceitáveis, a paciência de AJ, que está em falta, pode desaparecer.



Michael Andretti está trabalhando para manter seu time atual, com Ryan Hunter-Reay, Marco Andretti, Carlos Muñoz e Justin Wilson juntos. Apenas RHR está com o orçamentado totalmente acertado para 2016 (graças a DHL). Marco está perto, Muñoz está um pouco mais longe, e Wilson ainda precisa remar muito contra a maré em busca de patrocínio.

Um retorno de Simona de Silvestro em um quarto ou quinto carro no próximo ano não seria algo inesperado. Matthew Brabham, piloto da equipe na Lights, é outro que também está à procura por um lugar ao sol.



Gabby Chaves tem sido um piloto consistente para a Bryan Herta neste ano, principalmente se levarmos em conta os altos e baixos em que a equipe vem enfrentando nos últimos anos, é uma mudança bem-vinda. Chaves tem obtido resultados além das expectativas, Herta tem o interessados ​​em continuar com o campeão de 2014 da Indy Lights em sua equipe.

Se continuarem juntos, Chaves terá que mostrar mais velocidade e agressividade. Nove acabamentos entre P15-P18 apontam para um jovem piloto que está dirigindo inteligentemente, mas que não tem um carro muito rápido na maioria das corridas.



Depois de conquistar sua 2ª vitória no ano, Josef Newgarden tem despertado o desejo de outras equipes maiores. O garoto de Tennessee foi mencionado como uma possível transferência para a Chip Ganassi. Como Newgarden está no topo da lista no momento, a CFH tenta de várias formas manter o piloto no #67, e desde que não seja feita uma oferta irrecusável vinda de Chip, Josef deve fazer mais uma temporada na equipe de Sarah Fisher e Ed Carpenter.

Seu companheiro de equipe, Luca Filippi, é considerado como um dos jovens pilotos mais rápidos do grid. Ele é adorado pela equipe, e se o final da temporada fluir bem, o italiano muito provavelmente retornará no próximo ano.



Scott Dixon e Charlie Kimball estão confirmados para 2016, e o contrato de Tony Kanaan pode ser renovado. A quarta vaga da Ganassi para Sage Karam / ​​Sebastian Saavedra é um ponto de interrogação. Perguntado sobre quantos carros a equipe deverá colocar no próximo ano, o diretor Mike Hull, disse que não vale a pena falar disso no momento.

Independentemente disso, acredita-se que TK juntamente da NTT Data irão assinar um novo contrato para continuar no #10, deixando o quarto carro como a vaga onde as mudanças poderiam acontecer.



Dono de equipe mais benevolente da IndyCar, o velho Coyne terá pelo menos um carro no grid no próximo ano, e se a DCR conseguir um segundo contrato com o Leader Circle (programa de bonificação financeira da IndyCar para os carros que disputam todas as corridas do campeonato), pode ser que os carros #18 e #19 continuem nas pistas. Como temos aprendido ao longo dos anos, qualquer tentativa de prever quem vai dirigir para a Dale Coyne é um verdadeiro tiro no escuro.



A equipe espera fechar um novo acordo até o final da temporada para manter Sebastien Bourdais no #11. Segundo piloto da equipe, Coletti não é descartado e mesmo com todos os problemas enfrentados ainda aparece na lista de candidatos para voltar à equipe, porém a negociação sobre quem vai pilotar o carro #4 promete se arrastar durante todo o período de entressafra.



Bobby Rahal quer ter novamente dois carros na sua equipe. O financiamento para o carro de Graham Rahal está ficando mais perto da conclusão. Espera-se que devido ao bom desempenho da equipe e exposição da marca, a Stake-n-Shake aumente ainda mais o seu orçamento para patrocínio na equipe.



James Hinchcliffe é esperado para testar com a equipe logo após o final da temporada em Sonoma, como uma preparação para seu retorno em tempo integral. Seu companheiro de equipe James Jakes, que se juntou à SPM após passar mais de um ano em busca de patrocinadores, é uma boa opção como companheiro de Hinch. Acredita-se que Ryan Briscoe consiga um assento em tempo integral em carros esportivos.

Se há uma questão a se analisar sobre o segundo carro da SPM, é a Indy Lights. Jack Harvey, em particular, parece que está pronto em dar o salto para uma carreira na IndyCar. Financiamento, como de costume, será a chave para Jakes, Harvey, ou qualquer outro piloto que deseja fazer parceria com Hinch.



O "quarteto fantástico" composto por Juan Pablo Montoya, Will Power, Hélio Castroneves e Simon Pagenaud vai continuar. Este último, apesar de soar como uma decepção no ano, terá outra chance de impressionar em 2016.


OUTRAS EQUIPES

A Carlin Racing está interessada em disputar a categoria principal. Ed Jones poderia ser o nome a ser escolhido, mas não está totalmente vinculado à equipe. Conor Daly mostrou o suficiente para conseguir contrato em tempo integral, Carlos Huertas poderia estar de volta se sua orelha não tiver incomodando nos ovais (os fortes entenderão), além de outros pilotos da Indy Lights que buscam uma vaga na IndyCar.

Fonte: Racer
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário