Vai começar o Chase da Indycar

O campeonato da Indy entrou em sua reta final, faltando só cinco provas e 300 pontos para se terminar o campeonato e decidir quem será o campeão mundial de Indycar Series de 2015.

Esses pontos finais estão distribuídos em duas partes, como se fossem duas fases finais do Chase da NASCAR, com a diferença que ninguém é eliminado e que os pontos não são alterados.

Nesse "Chase", as etapas de Milwaukee, Iowa e Mid-Ohio decidem 150 pontos, e qualquer piloto que almeje ter alguma chance ainda no campeonato deve passar Mid-Ohio com, no mínimo, 80 pontos a menos que o líder. Claro que as chances continuariam pequenas de campeonato, mas com mais de 80 pontos de vantagem, é quase impossível se sagrar campeão em Sonoma.

80 pontos é tranquilo? fala isso pro Hélio...
Mas você deve estar pensando "Nossa, mesmo 80 pontos atrás é impossível tirar toda essa diferença...", mas nem é tanto para três provas (ou 150 pontos). Em 2012 Ryan Hunter-Reay tirou diferença de quase cem pontos para o então líder, Will Power, vencendo três etapas seguidas e se tornando o líder do campeonato faltando cinco provas pro fim. Em 2013, Scott Dixon fez 80 pontos a mais que o seu rival no campeonato, Hélio Castroneves, nas duas etapas finais de Houston (duas corridas) e Fontana (uma corrida, sem pontuação dobrada). 

Para tirar 80 pontos basta fazer três bons resultados seguidos (dois, se for em uma etapa com pontuação dobrada) e o líder patinar nessa provas. São chances pequenas, mas ainda reais.

Pois bem, tendo isso em mente, vamos a classificação do campeonato até agora:
Pontuação do campeonato. Azul: basta se cuidar, roxo:tem que dar uma remada, Vermelho: pelotão do desespero, Negrito: Brasileirinhos lutando contra esse mundão todo
Seguindo a teoria que acabei de inventar em uma madrugada sem muito sono, podemos ver Montoya, Dixon e Power estão lutando mais diretamente pelo título. Eles tem grandes chances de entrar em Pocono/Sonoma com os 80 pontos de diferença, e basta não correr grandes riscos para chegar lá.

Mas, eles não estão tranquilos, obviamente. Primeiro porque eles já travam uma batalha interna, para melhorar suas chances e diminuir a diferença (no caso de Montoya, aumentar a diferença) para seus adversários mais diretos. Segundo porque essa são as chances DE CHEGAR EM POCONO/SONOMA BRIGANDO POR ALGO, não garante que essas chances vão ser boas ou ruins, eles podem fazer que nem o Pagenaud o ano passado, apenas figuração na disputa do título.

Continuando, no grupo de roxo temos aquele pessoal que está perto da meta de -80 pontos do líder. São os pilotos que estão na hora da verdade, como diria não muito simpático narrador, e devem se decidir (mostrando isso na pista, óbvio) se vão participar ativamente da briga pelo título ou só assistirão de camarote. 

Nessa parte temos o Graham Rahal, que vem fazendo um surpreendente bom trabalho com a Honda e pode coroar essa temporada chegando na final com chances de título; Hélio Castroneves que sempre chega na disputa e, geralmente, só chega na disputa mesmo; e Marco Andretti que raramente ou nunca luta pelo título. Chegar de trás no campeonato e se sagrar campeão seria a redenção para um dos três.
Quem chega com chances em Pocono e Sonoma, no fim de agosto?
E, em vermelho, temos o grupo dos desesperados. Esses terão de fazer das tripas coração para  só chegar na parte final do campeonato com chances de título. Bourdais, TK, Newgarden, Pagenaud e Kimball terão que remar bastante, além de precisar que Montoya e o pessoal de azul se dê mal pra conseguir ainda respirar com aparelhos no campeonato.


Em opinião pessoal, não vejo ninguém de vermelho que realmente mereça ganhar o campeonato. Pelo que fizeram esse ano, ou fizeram aparições discretas (como o Tk, o Pagenaud e o Kimball) ou foram consideravelmente irregulares para estarem presentes nessa fase (Bourdais e Newgarden). 


Pra trás do Kimball, só resta a eles o choro, pois já morreram na disputa pelo título (não matematicamente, mas logica, psíquica e moralmente).

Será que os postulantes ao título serão esses mesmos até Pocono? Será que surgem surpresas? Veremos depois do dia 2, que é a etapa em Mid-Ohio. Até lá!
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário