Road to Indy: teremos uma prévia da final em Mid-ohio

Muita tensão e rivalidade nos aguardam nas três categorias do Road to Indy em Mid-Ohio. Pontos decisivos, caras novas e muita disputa nos aguardam nas  sete corridas da Indy lights, Pro Mazd ae USF2000 esse fim de semana.

A etapa de Mid-Ohio é, nos últimos anos, a segunda mais importante do ano no Road to Indy. Ela marca o fim da expediçãoda Indy Lights e da Pro Mazda pelos ovais, que voltam aos mistos, e também o fim de um longo período de off season da USF2000. Como ela é apenúltima etapa do campeonato, é muito comum todos dizerem que Mid-ohio é a Semifinal do Road to Indy.

Vamos ver, categoria por categoria, o que esperar dessa Semifinal:

Indy Lights

Os três postulantes ao título.
A Principal categoria de acesso da Indycar vem para Mid-Ohio em polvorosa. Depois de uma rodada dupla nas terras forasteiras de Toronto e duas corridas nos ovais de Milwaukee e Iowa, os líderes deram algumas derrapadas nesse longo caminho e o campeonato deu uma embolada entre os três primeiros do campeonato.

Antes de Indianápolis a liderança de Ed Jones e da Carlin era indiscutível até Indianápolis. Desde a terceira etapa em o dubaiense naturalizado inglês não vê a vitória e apenas na última etapa em Iowa conseguiu subir ao segundo lugar. 

Com isso, Jack Harvey assumiu a liderança do campeonato após duas vitórias em Indianápolis (uma delas a prova mais prestigiada da categoria, a Freedom 100 no oval) e assumiu a liderança e Spencer Pigot assumiu o segundo posto com duas vitórias em Toronto. Mas nenhum deles venceu em Milwaukee e Iowa; na verdade, o único deles a conseguir um pódio foi Jones em Iowa. 

O povo vacilou tanto que até o RC Enerson meio que chegou na briga.
Os três deram algumas derrapadas, mas continuam nas três primeiras posições pois o resto do grid já estava muito pra trás no campeonato. RC Enerson e Kyle Kaiser ainda se acostumavam com o carro e a categoria, Serralles ainda se acostuma com o modo de disputa nos Estados Umidos e Chilton não correu algumas etapas.

No fim, Harvey tem apenas dezoito pontos de diferença para Pigot e vinte para Jones, com Enerson já longe pra caramba, 64 pontos atrás e Serralles ainda mais longe 102 pontos atrás. Com cada piloto pontuando no máximo 33 pontos por prova, estão com chances mínimas de título.

Mas para a rodada dupla temos apenas a volta da 8 Star Motorsports como novidade no grid. Sean Rayhal está de volta na categoria depois do mês de maio em Indianápolis. 

Vejamos quem dos três se dá melhor para as rodadas finais!!

Pro Mazda

Todos os sete carros da imagem brigam diretamente pelo título.
Descendo uma categoria, a Pro Mazda volta aos mistos com o campeonato mais enrolado que meu cabelo black power. O líder do campeonato desde o fim de semana de três provas em Indianápolis, o uruguaio Santiago Urrutia, não aparece no pódio desde então. Seus antigos principais rivais nessa fase, Neil Alberico e Timothe Buret, não se mostraram muito afim de tirar a liderança de Urrutia, conseguindo apenas um pódio cada nas últimas quatro provas. 

E os outros pilotos mais próximos tiveram a oportunidade de chegar para disputar o título. O malaio Weiron Tan venceu duas provas e ficou muito próximo dos líderes depois de um começo de campeonato na montanha russa (cheio de altos e baixos, #humor), os pódios seguidos do mexicano Pato O'Ward e do americano Will Owen os deixou ainda na disputa e, para completar a loucura desse campeonato, as vitórias e bons resultados constantes de Florian Latorre e Garett Grist os deixaram perto de todos também.

Kaminsky voltando!!
No fim,  a constância nos resultados de Urrutia ainda o deixam como líder, seguido por Tan (-27 pontos), Alberico (-33), Buret (-41), O'Ward (-48), Grist (-56), Latorre (-66) e Owen (-79, já com pouquíssimas chances). Jose Gutierrez (-87), Daniel Burkett (-116) e Raoul Owens (-120) ainda tem chances matemáticas, ou seja: com um piloto podendo ganhar 33 pontos por corrida e o sexto colocado ganhando nem metade disso, TÁ TUDO UMA BAGUNÇA, como a gente adora.

A etapa de Mid-Ohio para a Pro Mazda, além de ser decisiva e et cetera, é a etapa dos comeback. O brasileiro Victor Franzoni, da M1 Racing; Bobbye Eberle, da World Speed Motorsports; e Kyle Connery da JDC Motorsports, voltam a categoria depois de quase 40 dias fora. Bob Kamisnky, velhinho de 45 anos que corrida na F-Mazda da SCCA tomou gosto de correr na Pro Mazda e fará sua segunda etapa (ele correu em Indianápolis). E Michael Johnson, o piloto paraplégico da categoria, se recuperou do acidente em St. Pete e volta depois de quase cinco meses sem correr.

Pena que só transmitem as provas dessa categoria via rádio, queria ver faíscas!!

USF2000

Pelo menos dois desses três estiveram em TODOS os pódios
Pena que essa esteja mais desanimadinha. Não me entendam mal, a categoria ainda tem três postulantes ao título (o mesmo número da Indy Lights), mas a categoria vivia uma crise brava, onde o grid tinha catorze, às vezes até treze carros no grid, o que para uma categoria com a ideia de ser acessível como primeiro degrau rumo à Indycar, é bem pouco.

Mas esse fim de semana a categoria espanta a crise apresentando um grid com dezoito carros e três novas equipes.A Afterburner Autosport está de volta e revamped, poisa tem dois novatos: Sennan Fielding (disputou a F4 britânica ano passado e disputa a F- Masters chinesa) e Jack Mitchell Jr. (disputa a F1600 americana), os dois com 19 anos. A D2D Motorsports também volta a ativa, depois de precisar de mais de três meses para a família List juntar dinheiro o suficiente pra comprar um novo carro e correr novamente com Andrew List. 

Conquiste um campeonato e ganhe um chassi.
E tem EQUIPE NOVA na USF2000 a RJB (esse parágrafo tem tanto maiúsculo que o povo vai pensar que estou gritando) com dois pilotos que também frequentas as categorias desconhecidas da SCCA: Alex Mayer de que disputa a F-1000cc (é carro, não moto) e Clint McMahan de 35 anos que corre pela equipe na F-600 (não é moto nem a F1600). Os dois Já são da equipe nessas categorias, e McMahan venceu um prêmio exclusivo, onde se ganhava cem mil dólares e um chassi da USF2000 (vide foto).  Uma daquelas coisas que só acontecem na USF2000.

No campeonato, o líder são os regulares Nico Jamin (292 pontos) e Jacob Eidson (276), e o instável Aaron Telitz em terceiro (236). Os três dominaram toda a categoria desde que Victor Franzoni, o único que fazia frente a eles, saiu do campeonato para a Pro Mazda. Em todas as provas, pelo menos dois dos três terminaram no pódio, e eles acumulam dez das onze vitórias da temporada.

Nesse duelo onde Jamin se revelouum piloto muito auspicioso pra Cape Motorsports, enquanto Eidson e Telitz são pobres demais pra subir pra Pro Mazda com seus próprios meios, quem leva a melhor??

Ah sim, rodada TRIPLA essa etapa. Corrida no sábado e duas provas no domingo.

_.-¨~¨-.o.-¨~¨-._    _.-¨~¨-.o.-¨~¨-._    _.-¨~¨-.o.-¨~¨-._    _.-¨~¨-.o.-¨~¨-._    _.-¨~¨-.o.-¨~¨-._

Como foi visto, serão sete provas ao todo. O horário de todas as atividades do fim de semana está aqui.

As corridas da USF2000 acontecem na sexta e no sábado. dia 31 teremos a primeira prova e no dia 1º teremos as duas provas restantes do fim de semana. As da Pro Mazda e da Indy Lights acontecem uma no sábado e outra no domingo, veja o cronograma:

Quinta-feira (30 de julho de 2015)

9h -9h40: Treino livre da USF2000
9h50 -10h30: Treino livre da Pro Mazda
12h20 - 13h: Treino livre da USF2000
13h10 -13h50: Treino livre da Pro Mazda
17h20 - 18h: Treino livre da USF2000
18h10 - 18h50: Treino livre da Pro Mazda

Sexta-feira (31 de julho de 2015)

9h – 9h25: Treino Livre da USF2000
9h40 – 10h10: Treino Livre da Indy Lights
11h05 – 11h30 – Treino Livre da Pro Mazda
13h15 – 13h45: Treino Classificatório da USF2000
14h – 14h30: Treino Livre da Indy Lights
15h30 – 16h: Treino Classificatório da Pro Mazda
17h45 – 18h25: Corrida 1 da USF2000

 Sábado (1º de agosto de 2015)

9h – 9h35: Treino Classificatório da Indy Lights 
10h50 – 11h30: Corrida 2 da USF2000
14h – 14h40: Corrida 1 da Pro Mazda
14h55 – 15h45: Corrida 1 da Indy Lights
19h – 19h40: Corrida 3 da USF2000

 Domingo (2 de agosto de 2015)

9h50 – 10h40: Corrida 2 da Pro Mazda
11h30 – 12h35: Corrida 2 da Indy Lights
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário