Cotação: 1000walkee

Olá, pessoas! A prova de Milwaukee se foi e, com ela, vem a seção favorita dos leitores do Indy Center Brasil: o Cotação!

Vamos ver quem se deu bem e quem se deu mal nesse fim de semana:

Em alta

5º: Juan Pablo Montoya

O parceiro de pança não fez suas melhores corridas no ano. Mas soube ser consistente como alguém que está em busca do título deve ser, e garantiu bons pontinhos que o mantém no topo do campeonato.

4º: Josef Newgarden

O pré-corrida foi todo dele. Dominou os treinos livres e saiu na frente em Milwaukee. Pena que ele foi prejudicado nos pits... mas o americano pupilo de Sarah Fischer não tem mais nada a provar.

3º: Helio Castroneves

Tudo bem que o fato de ele ter largado em último foi um mero vacilo (ele se atrasou no alinhamento antes do qualify), mas isso foi um tempero a mais na corrida. O brasileiro fez uma baita corrida e pulou para segundo, com chances de vitória no fim.

2º: Sebastien Bourdais

Não teve jeito. Depois da bandeira amarela, só deu o francês. Ele imprimiu um ritmo surpreendentemente forte e chegou a colocar volta em todo mundo – lembram disso, cartistas? Uma vitória incontestável, que também foi conquistada graças à...

1º: Estrategistas da KV

Quem diria que os engenheiros da KV enfim acertariam uma estratégia? Depois de lascar Tony Kanaan e Rubens Barrichello, os empregados de Kevin Kalkhoven e Jimmy Vasser afiaram a caneta e puseram Bourdais no topo do pódio.



Em baixa

5º: Simon Pagenaud

Se um francês foi o destaque da corrida, o outro francês sumiu. Pagenaud só foi visto quando era ultrapassado por alguém. Nem sei em que posição ele terminou, e tô com preguiça de pesquisar no Google.

4º: Will Power

O australiano, atual campeão, também estava tão apagado quanto Pagenaud, mas em posições melhores. Até que foi colhido pelo nosso terceiro lugar, e seu fim de semana acabou ali.

3º: Ryan Briscoe

Ok, ele só está aqui por ter conseguido a proeza de rodar sozinho na relargada da primeira amarela e ter levado o compatriota Power junto com ele. Mas é preciso fazer justiça: durante a primeira parte da corrida, ele deu muito trabalho a Newgarden na briga pela liderança.

2º: Pippa Mann

Pobre Mann. A inglesa nem corre o campeonato todo, pega uma das piores equipes do grid e só conseguiu dar 27 voltas. Depois dizem que na Indy não tem start and park...

1º: Honda

Dois motores explodidos; muita reclamação antes da corrida; ameaça de sair da Indy. Essa foi a situação da montadora japonesa nesse fim de semana. Levando pau atrás de pau da Chevrolet, ainda mais nesta era de aerokits, a Honda está bem aquém do esperado e espera-se uma reação em breve.

Foto: Chris Owens



Concorda? Discorda? Diga aí!
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

  1. Acho q em primeiro lugar deveria estar a transmissão da BandSports!! Durante as 30 primeiras voltas eu não sabia que corrida eles estavam narrando, Montoya na pole, Power em segundo, Daly estava correndo e durante a prova Dixon trocou 20 vezes de nacionalidade de: Australiano, australiano-neozelandês e até um australiano-escocês eu ouvi. Chegou a ser engraçado, infelizmente...

    ResponderExcluir