Corrida de lendas acontece esse fim de semana no Texas

Uma das (poucas) atrações que precedem os seiscentos quilômetros do Texas é uma corrida de carros vintage, com alguns pilotos que já estiveram na Indycar.
Esse ovaleco aí do meio.
Será uma corrida de 40 minutos, naquele mini-oval que fica entre a reta principal e o pit lane. a SVRA "Indy Legends" Charity Pro-Am. 

Esse Legends tem dois sentidos: colocar as lendas de verdade da IRL e as da CART que aceitaram correr sem ganhar dinheiro e ainda tem condição de caber no carro e virar o volante (Davey Hamilton, Al Unser Jr., Dick Simon) com os maiores rejects das chancelas, como Spike Gehlhausen (que correu na USAC-CART por 15 anos e nunca conseguiu um pódio), John Martin (não se classificar para as 500 milhas seis vezes seguidas) e Johnny Parsons Jr (que tem o rrecorde de não-classificações para a Indy 500: 12 vezes, oito delas seguidas).

Veja a lista e relembre-os:


  • Al Unser Jr. (1982-2007); campeão da CART em 90 e 94, ganhador da Indy 500 em 92 e 94.
  • Alex Lloyd (2008-11); correu com o maior número de inscrição da história, 40202.
  • Arie Luyendyk Jr. (2005-06); correu por oito anos seguidos na Indy lights e apenas uma prova na IRL.
  • Billy Roe (1997-2002); detem o recorde da IRL de correr uma prova com o menor número de pessoas em sua equipe (cinco).
  • Bob Lazier (1981-82); pai de Jacques e Buddy Lazier;
  • Darren Manning (2002-09); tem 40 anos.
  • Davey Hamilton (1991-2011): vice-campeão em 1996-7 e 1998, o único piloto da lista a correr num Dw-12.
  • Davy Jones (1987-2000): quase foi o segundo piloto a vencer as 24 horas de Le Mans e a Indy 500 no mesmo ano, mas ficou em segundo nas 500 milhas (1996).
  • Dennis Firestone (1979-87): não completou dez corridas seguidas na CART.
  • Dick Simon (1970-1988): um dos mais velhos pilotos em atividade (82 anos) e o terceiro mais velho a participar dos treinos de Indy 500 (62 anos).
  • Donnie Beechler (1998-2001): o último piloto a entrar na IRL pelo programa onde o campeão da USAC Outlaws entrava na IRL sem passar pela Indy Lights.
  • Eliseo Salazar (1995-2002): Ganhou apenas uma corrida nos Estados Unidos.
  • Eric Bachelart (1992-95): Um dos fundadores da Conquest, o único piloto a correr a CART e a Belgian Procar Series no mesmo ano.
  • Geoff Brabham (181-94): 88 corridas, nenhuma vitória.
  • Jacques Lazier (1996-2010): nunca correu uma temporada completa.
  • Jimmy Kite (1996-2007): Planejou sortear uma vaga nas 500 milhas de Indianápolis de 2007 mas, no fim, ele mesmo teve de não-qualificar seu carro.
  • John Martin (1970-81): Tem seis não-classificações seguidas na Indy 500 (1976-81).
  • Johnny Parsons Jr. (1969-96): Náo qualificou seu carro  para as 500 milhas de Indianápolis por oito vezes seguidas (de 1987 a 1995).
  • Johnny Unser (1993-2000): correu 24 provas, mas só completou dez delas.
  • Lyn St. James (1992-2000): estreante do ano nas 500 milhas de 1992.
  • Mark Dismore (1989-2002): terceiro colocado do campeonato de 1999.
  • Max Papis (1996-2008): "Não perde mais Max Pap-PERDE PERDE PERDE..."
  • Pete Halsmer (1980-85): Veterano da guerra do Vietnã.
  • PJ Chesson (2006-07): Até hoje ninguém sabe como ele conseguiu correr na Indycar.
  • Richie Hearn (1996-2007): Um dos poucos pilotos que correu na CART e na IRL em 1996 e 1997.
  • Rick Treadway (2001-02): Um dos pilotos a migrar do Midger para a IRL com equipe própria. Nasceu no mesmo dia que eu.
  • Robby McGehee (1999-2004): último piloto da Cahill, equipe que ajudou a revelar Milka Duno.
  • Robby Unser (1998-2000):  o último do Clã Unser a não se classificar para uma prova na Indycar.
  • Scott Harrington (1989-2002): tentou largar sete vezes nas 500 milhas de Indianápolis, conseguiu apenas uma, na última fila.
  • Spike Gehlhausen (1975-88): 86 corridas e nenhum pódio.
  • Stephan Gregoire (1194-2007): Participou da última prova da Team Leader Motorsports, junto com PJ Jones.
  • Tom Bagley (1978-83): novato do ano de 1978, é o mais velho da corrida, com 84 anos.
  • Willy T. Ribbs (1984-99): primeiro piloto negro numa categoria top de monopostos e único piloto negro a dirigir na CART.
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário