USF2000: Jamin vence e chega perto de Eidson no campeonato

Na melhor corrida do ano na USF2000, o francês conseguiu se sagrar vitorioso e chega bem próximo na briga pelo campeonato.
De boas na ponta.


Treinos

Apesar da presença de três novos pilotos: Sam Chastain no segundo carro da JDC Motorsports, Tyler Hunter da novata Swan Motorsports, e o veteraníssimo Bill Abel em equipe própria; quem comanda os treinos foram os dois pilotos da Cape Motorsports e Jake Eidson.  

A Team Pelfrey quase deu trabalho dessa vez. Quase.
Os três já não encontram Jordan Lloyd e Victor Franzoni como empecilho no campeonato, já que os dois não disputam mais a USF2000, e Anthony Martin da John Cummiskey Racing parece ter ficado para trás, e foi engolido pelo pelotão.

As principais surpresas nos treinos foi o chinês Luo, que melhorou consideravelmente seu desempenho e chegou próximo a seu companheiro de equipe, Jake Eidson; e Luke Gabin, que vem liderando o quarteto da Team pelfrey para cada vez mais próximo dos líderes.

Entretanto, no treino classificatório, os três líderes do campeonato continuaram comandando. Jamin e Telitz foram os mais rápidos desde os treinos livres e na disputa interna o francês se deu melhor perante o americano e ficou com as poles das duas provas.  Telitz fica com as duas segundas colocações e a segunda fila foi formada por Eidson e Yufeng, da Pabst.

Corrida

video

A largada foi quase limpa, quase. Enquanto Jamin, Telitz e Eidson mantinham suas posições, Luke Gabin e Yufeng Luo se tocavam pela quarta posição (como pode se ver o carro branco tocando no carro vinho no vídeo acima, se você tiver visão boa). Gabin dá um 360 e volta a prova no fim do pelotão, enquanto Luo quebrou sua asa traseira e abandona ali mesmo. A rodada causou uma pequena bagunça no grid e a bandeira amarela foi acionada.

Os três primeiros eram bem mais rápidos e abriram distância do pelotão.
Relargada faltando 23 minutos pro fim da prova. No fim da curva um, Telitz consegue passar Jamin por fora e assume a liderança; Jamin perde momentum na curva seguinte, e Edison também consegue passar o francês; deixando o quarto lugar para Martin e Lastoschkin. meia volta depois, Lastoschkin rodou sozinho quando estava lado a lado com Martin e vai para o fim do grid, sem bandeira amarela dessa vez.

A prova amorneceu um pouco, com Telitz abrindo certa distância para Eidson e Jamin, que abriam ainda mais distância para Martin, uma surpreendente Ayla Agren e do resto do pelotão. Nas voltas seguintes reparávamos que Jamin era mais rápido que Eidson, colocando-se ao lado do piloto da Pabst mas não conseguindo concluir o movimento de ultrapassagem. Essa ultrapassagem só saiu na volta nove, e Jamin assumiu o segundo posto, entretanto, ele já estava a mais de cinco segundos do líder Telitz.

Thompson e Soori em busca da batida perfeita.
A corrida manteve-se em verde até a o início da volta treze (de dezenove previstas). Vinte segundos atrás de Telitz, Parker Thompson (JDC) e Keyvan Andres Soori (ArmsUp) se enroscaram quando disputavam a sétima posição. Thompson trocou a asa traseira, Soori trocou a asa dianteira mas ambos continuaram na prova.

Faltando oito minutos (cinco voltas) tivemos bandeira verde novamente. Na relargada, Telitz não vai tão bem e tanto Jamin quanto Eidson tentam a ultrapassagem. Os três seguem lado a lado durante toda a reta principal (que fica bem longa com os carros não muito rápidos da USF2000), mas apenas um deles acertou a freada.

Jake Eidson acerta a freada, faz a curva um de forma limpa e assume a liderança da prova. Nico Jamin quase acerta a curva, mas abre um pouco demais e sai dessa curva na segunda posição, e Aaron Telitz erra a freada, passa na grama das curvas um e dois, e cai para o quinto lugar. Anthony Martin assume o terceiro lugar e Luke Gabin se recupera da batida na primeira volta, assumindo o quarto lugar.

Uma nova edição da batalha entre Jamin e Eidson se deu início, pois vocês se lembram que eles disputaram a segunda posição no início da prova. A disputa foi bem parecida, com Jamin mais rápido e colocando de lado, mas não conseguindo completar a ultrapassagem na freada da curva um. Mais atrás, Telitz conseguia fazer a ultrapassagem sobre Gabin e Martin, assumindo a terceira posição faltando duas voltas pro fim. Mas Telitz já estava mais longe da disputa pela liderança e teve de se contentar com o terceiro lugar.

Na ponta, Jamin finalmente conseguiu a ultrapassagem na curva um da última volta, quando os dois disputaram freada na entrada da curva e Jamin saiu mais inteiro, se posicionando a frente e vencendo a prova!!
Pódio e resultados.
Com essa vitória, Jamin subiu para o segundo lugar no campeonato, só seis pontos atrás de Eidson (177 pontos). Telitz vem em terceiro (157 pontos) e Anthony Martin na quarta posição do campeonato (123 pontos).

A próxima corrida é hoje (9 de maio) pouco antes da prova da Indycar.
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário