USF2000: Jake Eidson vence as duas primeiras provas do ano.

Num fim de semana quase todo dominado pelos veteranos. Eidson vence as duas primeiras provas da temporada regular em St. Petersburg de ponta a ponta. Victor Franzoni tem um dos fins de semana mais problemáticos que já vi.

Esse domínio veio desde o começo do fim de semana. Jake Eidson (Pabst Racing), os dois pilotos da Cape motorsports with Wayne Taylor Racing (Aaron Telitz e Nico Jamin) e Victor Franzoni (o único representante da Afterburner Autosport) foram os mais rápidos no treino livre, e no treino classificatório Eidson fez as duas voltas mais rápidas e ficou com as duas poles do fim de semana.  Victor Franzoni fez o sexto tempo no treino, mas foi desqualificado na inspeção pós treino.


Corridas


Na primeira largada do ano teve problemas. Na freada para a curva um, Parker Thompson  (JDC) não consegue frear e atinge o carro de Jordan Lloyd (John Cummiskey) e roda. Keyvan Soori (ArmsUp), Luke Gabin (Pelfrey) e James Dayson (ArmsUp) tentam desviar da confusão instaurada logo a frente, mas não conseguem e batem também. Dos envolvidos apenas Lloyd consegue continuar naprova, e bandeira amarela.

Na volta 8 (de dezoito no total) vem a bandeira verde, com Eidson, Telitz, Anthony Martin (John Cummiskey), Jamin e Luo Yufeng (Pabst) liderando o pelotão.Nessa relargada, Jamin recupera o lugar no pódio ao ultrapassar Martin e Victor Franzoni, que largou em último e passou em nono na relargada, completa a oitava volta na sexta posição.

A prova seguiu sem muita atividade, com Eidson conseguindo evitar os ataques de Telitz e com os dois abrindo diferença para Jamin, Martin. Mas na volta 12 surgiu a segunda bandeira amarela da prova, quando Max Hanratty (ArmsUp) e Augie Lerch (JAY) se tocaram e Lerch teve que abandonar.

Nova relargada faltando cinco voltas pro fim, mas não houve mudanças. Apesar da pressão, Jake Eidson consegue cruzar alinha de chegada em primeiro, pouco a frente de Telitz, e com Jamin terminando no pódio. Franzoni pressionou Luo até a linha de chegada, mas teve que se contentar com o sexto lugar na primeira prova.


Corrida 2

Na segunda prova, a largada foi tranquila, já que Augie Lerch não conseguiu arrumar seu carro a tempo de bater em mais carros. Franzoni largou da sexta posição e já figurava em terceiro, até ter de trazer seu carro  para os boxes por problemas mecânicos, e seu fim de semana acabar ali.


Os cinco primeiros (Eidson, Telitz, Jamin, Lloyd e Martin) permaneceram os mesmos, e tanto a largada como o começo da prova se passaram quase sem incidente ou mudanças de posição. 

Assim se seguiu até a oitava volta, quando Garth Rickards (Team Pelfrey), que largou no nono lugar mas já assumia a sétima posição, fazia a ultrapassagem sobre Parker Thompson na curva um; Rickards chegou a assumir essa posição quando fez a ultrapassagem na curva um, mas foi tocado por Thompson na curva dois e abandonou.

Relargada seis voltas depois, mas a situação não mudou até o fim da prova. Eidson venceu novamente, com Telitz muito próximo em segundo e Jamin em terceiro.

Os dois pódios tem os mesmos protagonistas, então coloquei uma imagem só.
Até as moças estão distribuídas da mesma forma.

Ao fim das duas provas, os cinco primeiros do campeonato são os mesmos cinco primeiros das duas provas: Jake Eidson na ponta, seguido por Telitz, Jamin, Martin e Lloyd. Victor Franzoni está no décimo lugar do campeonato, com vinte pontos.

A Próxima prova acontece em NOLA, dias 11 e 12 de abril, logo depois da páscoa.
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário