Filme com temática da Indy pode surgir nas telonas!

Depois de uma década sofrendo com as memórias de "Driven", um novo filme pode surgir com a Indycar sendo usada como plano de fundo. Out on the road é um drama de ficção.

Driven: pior capa de filme feita no Paint.
"Out on the road" é um filme que está em pré-produção pela quase desconhecida 5150 Studios Inc. e Steve Goldfield A história (que pode ser conferida aqui, em inglês) trata da história de dois personagens, um dono de equipe, Benny Stilts, que passa dificuldades depois que seu pai, o ex-dono e fundador, morre; e de seu piloto, Bryn Holland (provavelmente é Bryan só que digitaram errado no site), um novato que tem potencial mas não e muito maduro. 

Entretanto, a história nos faz imaginar que a história usará a Indycar mais como plano de fundo para se focar mais na vida, história e perspectivas. O filme parece ser mais focado em Benny tentando recuperar a equipe do pai enquanto passa por vários problemas profissionais e pessoais e em Bry(a)n se tornando melhor piloto com a ajuda do engenheiro-chefe da equipe, Randall Denis.

Outro ponto é que, ao que parece, usarão a temporada de 2011 como base para o filme. A história menciona que a equipe pobretona correrá apenas cinco provas no ano: St. Pete, Barber, Long Beach, São Paulo e a Indy 500.  Ou seja, o calendário de 2011.

O filme ainda está em pré-produção: ou seja, o mais concreto que o filme tem é a produtora e o roteiro. Eles ainda precisam arrecadar fundos e ver como trabalham com o capital que a produtora terá.  Boatos (na verdade o cartaz abaixo, de uma festa de pré-produção, que o maravilhoso do Rafael Marinho mostrou-me), diriam que o canadense Ryan Gosling (Drive, Half Nelson, A garota ideal) participaria do filme, bem como alguns apoiadores.


Pessoalmente, espero que o filme seja um sucesso (dã). Ele não será parecido com Rush, onde se focava muito mais o automobilismo do que as tramas, e deve ser mais parecido com o Dias de Trovão do Tom Cruise, onde se focava (lá se vão vinte anos) com menos ação e mais drama. Mas qualquer coisa para apagar as imagens traumatizantes de um carro capotando a 200 metros e caindo num lago, explosões que puderam ser vistas da lua e Sylvester Stallone colhendo moedas com os pneus e, de preferência, sem ser indicado ao Framboesa de Ouro por pior filme, pior diretor, pior ator coadjuvante (duas vezes) pior atriz coadjuvante, pior roteiro e pior dupla de atores...

Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário