Post Page Advertisement [Top]

Agora a Sam Schmidt está completa. A equipe anunciou que Scott Anderson fará o seu segundo ano na Indy Lights pela equipe nesse ano, e se junta a RC Enerson, Ethan Ringel e Jack Harvey.

Anderson quase rindo ao imaginar seu bom futuro.

Ontem (16 de janeiro), Sam Schmidt anunciou o último piloto de seu quarteto. Scott Anderson integrará a equipe na próxima temporada e já começa a correr já nos próximos testes, do dia 26 ao dia 29 de janeiro.

Anderson  sofrendo correndo pela Fan Force.
O americano de 25 anos começou sua carreira nos monopostos em 2010 na USF2000. Passou mais dois anos na categoria, até ser terceiro colocado em 2012 e subir para a Pro Mazda no ano seguinte e para a Indy Lights em 2014. Nesse primeiro ano correu na Fan Force United, e fez aquilo que era possível com o equipamento que tinha: brigava com os carros da Team Moore e com o piloto da vez no rodízio que a Bryan Herta fazia com seu carro, e terminou o ano na nona posição. 

Ao meu ver, é um bom piloto e fez algumas boas provas a bordo da Fan Force United, quando fazia boas defesas de posição e segurava metade do grid. No último post da retrospectiva que fiz da Indy Lights, quando me perguntava se certo piloto mereceria subir a categoria principal ou não, eu coloquei que "não sabia responder" para Anderson.

Agora que ele subiu a virtual melhor equipe do certame, tem muito espaço para crescer, se desenvolver e surpreender mais pessoas da mesma forma que me surpreendeu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]