• Sem Indycar em Road America em 2015, quem sabe em 2065

    O autódromo que completará sessenta anos no ano que vem anunciou as categorias que vão correr esse ano em seu traçado, e a Indycar Series não está entre elas, para o desespero de muitos "saudosistas".

    Primeira vez que a CART correu lá, em 372 a.C.
    O anúncio foi feito pelo próprio presidente do circuito, George Bruggenthies, hoje (8 de outubro), quais categorias vão correr no circuito de quatro milhas em 2015:

    TUDOR United Sports Car Championship;
    Pirell World Challenge;
    Can-Am Series;
    NASCAR Nationwide Series e mais um monte de categorias NASCAR que você só ouve falar quando alguém morre atropelado lá ou quando algum piloto da Indy decide """correr""" lá;
    AMA Superbike Road Racing Championship;
    IMSA Challenge;
    Um monte de categorias diminutas da SCCA;
    Carros velhos vintage.
    Motos velhas vintage.
    Um monte de categorias de corrida de longa duração que não passam de duas horas e que ninguém vê, como a Mazda MX-5 Cup.

    O calendário completo está aqui.


    Sim, isso mesmo, para tristeza de muitos velhos saudosistas dos tempos velhos de ouro da falida CART/Champ Car e alguns pilotos, como Jack Hawksworth, não haverá corridas e, ao que tudo indica, nem testes coletivos da Indycar no ano que vem e nem tão cedo.

    O circuito sediou corridas da principal categorias de monopostos americana entre 1982 e 2007, falhando um ou outro ano. E, de lá pra cá, sempre se ventila a volta do circuito para o calendário.  Essa hipótese de volta é baixa, e assim continuará enquanto o presidente avaliar e achar que não quebrará a cara novamente com a Indy (como aconteceu com a Champ Car), e quando sua família e os Hulman-George acertarem suas pontas, ou seja, nunca.  Mais fácil a Katy Perry ganhar um Grammy.

    Então, saudosistas, favor chorar na Cantareira.





  • POSTAGENS RELACIONADAS

    Um comentário: