• Quais são os custos de uma equipe para competir na Indy?

    Muito provavelmente você já deve ter se perguntando quanto uma equipe da Indy gasta para competir em tempo integral na temporada. Pensando nisso, resolvemos mandar um agente especial para investigar estes custos (mentira, pegamos os dados de um site norte-americano mesmo), e fizemos um resumo dos gastos neste post.

    Levamos em consideração uma equipe pequena, com dois carros e com orçamento relativamente baixo (alô Dale Coyne). Os gastos podem variar de acordo com o time e a temporada. Confira:

    Motores, chassis, mecânicos... Gastos que não acabam mais.
    (Foto: Getty Images)

    ORÇAMENTO TOTAL - $15 MILHÕES

    Isso inclui as seguintes áreas principais de gastos:

    O CARRO - $3 MILHÕES

    Todas as equipes da IndyCar devem comprar o seu chassis proveniente da Dallara. O preço é de $345.000 dólares por chassi, mas a compra de pacotes aerodinâmicos projetados para diferentes circuitos pode adicionar mais $200.000. Uma equipe grande recebe, geralmente, três chassis por piloto a cada ano.

    MOTOR - $2 MILHÕES

    Honda e Chevrolet normalmente cobram das equipes cerca de $1 milhão por ano por piloto em um pacote que irá permitir a utilização de oito motores.

    TESTES - $1 MILHÃO

    Equipes como a Penske gastam cerca de $1 milhão de dólares com testes ao longo do ano. Times menores como Bryan Herta desembolsam "apenas" $300.000.

    PILOTOS - $3 MILHÕES

    Os principais pilotos da IndyCar recebem entre $1-2 milhões por ano. Porém, esse valor não leva em consideração os ganhos das equipes com as eventuais vitórias de seus pilotos. Geralmente, os ganhos são fatiados pela metade para serem divididos entre equipe/piloto.

    TAXA DE INSCRIÇÃO - $456.000

    As equipes da IndyCar pagar cerca de $12.000 por cada carro inscrito em uma determinada corrida.

    HOSPITALIDADE - $1 MILHÃO

    Hospitalidade pode parecer algo dispensável de orçamentos, mas é uma parte crucial na operação de uma equipe. Os times da IndyCar podem gastar até $200.000 em um grande evento como a Indy 500, mas gastam muito menos em outras corridas.

    SUPRIMENTOS DE OPERAÇÕES - $1 MILHÃO

    Uma equipe grande da IndyCar gasta cerca de US $ 1 milhão por ano na compra de suprimentos de operações como freios, rolamentos, gás, velas de ignição e acessórios eletrônicos.

    OUTROS GASTOS - $3,5 MILHÕES

    Incluem salários de mecânicos, viagens e custos de fábrica.

    Fonte: MotorsportsTalk
  • POSTAGENS RELACIONADAS

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário