Devido à chuva, direção da Indycar decide adiar corrida deste sábado

Depois de mais de 3 horas de espera, a direção da Indycar anunciou o cancelamento da primeira corrida em Toronto. A direção de prova ainda tentou por três vezes fazer com que os carros andassem, porém devido às condições climáticas e aos bizarros incidentes envolvendo pilotos como Will Power e Ryan Briscoe, além do próprio safety car levaram à essa decisão.

Chuva obrigou direção de prova a cancelar as atividades.

No início, a Indy imaginou que conseguiria fazer a largada parada na molhada pista canadense. Após as primeiras voltas de aquecimento, percebeu-se que seria impossível, acionando a bandeira vermelha. Na segunda tentativa, foi o safety-car guiado por Arie Luyendyk (sim, ele mesmo!) que conseguiu a proeza de rodar e quase bater na forte freada da curva 3; momentos depois, Will Power acabou rodando e batendo de leve na curva que leva à reta de largada. E quando os carros alinhavam para uma nova saída dos apertados pits, a chuva voltou ainda mais forte.

Até o safety-car entrou na brincadeira.

A organização esperou até onde podia. Chegaram até a anunciar a diminuição da prova de 90 voltas para 65 ou no máximo 1h30min de duração. Às 19h15 (horário de Brasília), veio o anúncio do encerramento das atividades.

Com isso, o novo cronograma foi anunciado: a prova deste sábado vai ser realizada na manhã do domingo, a partir das 11h30 (de Brasília). Serão 75 voltas, com largada lançada. O horário da segunda prova foi atrasado em 20 minutos. Agora, a corrida com largada parada, acontece às 17h15 e a tomada de tempos que definiria seu grid vai dar lugar à posição dos pilotos na classificação do campeonato.

Isto é, se a chuva resolver não aparecer...
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário