Road To Indy: Segundo dia no Indianápolis Motor Speedway

No segundo dia de testes no novo misto do Indianápolis Motor Speedway, houveram mais duas sessões de treinos livres para cada uma das categorias:  Indy Lights, Pro Mazda e USF2000.  Apesar dos treinos  não se mostrarem muito diferentes de ontem, todos vem reclamando um bocado do alto desgaste de pneus que eles vem enfrentando no novo misto.

Vamos novamente por partes:

USF2000

Dare 2 Dream Motorsports:  Nessa foto você consegue ver uns 30% da equipe.

Depois do domínio exercido por Herta, a vez de liderar o treino da manhã não foi mais do menino de 14 anos, mas sim de Florian Latorre.  O piloto da Cape Motorsports com um tempo cinco décimos melhor do que o feito ontem.

O atual líder do campeonato RC Enerson terminou a sessão em segundo lugar, se recuperando do dia ruim que teve ontem.  Henrik Furuseth continua em seu bom fim de semana com o terceiro tempo e Aaron Telitz continua em seu momentum com o quarto lugar.


Entre os brasileiros, Victor Franzoni mostrou recuperação do seu fim de semana complicado em Indianápolis, conseguindo o sétimo tempo na sessão.  Gustavo Myasava fez o 18º tempo, conseguindo baixar seu tempo para a casa de 1:27s.

O segundo treino foi liderado pelo superstar Aaron Telitz, que usou seus poderes jedi e fez o melhor tempo do fim de semana (até o momento).  Colton Herta recuperou-se na segunda sessão do dia, e fechou na segunda posição cerca de um décimo atrás do líder Telitz, seguido por Latorre e Peter Portante.

Victor Franzoni vinha razoavelmente bem na sessão até a bandeira vermelha ser acionada por uma quebra no carro de Adrian Starrantino.  Após a volta da bandeira verde não houve melhoras e o piloto terminou a sessão na décima terceira posição.  Myasava a sua melhora em tempos, virando abaixo de 1:27.5.

Pro Mazda

Bobby Eberle:  Mesmo com 40 anos ainda é chamado de "estrela em Ascensão"
 O segundo dia de treinos foi bem parecido com o primeiro:  Pigot lidera a sessão da manhã, com Hargrove se recuperando e terminando a sessão da tarde em primeiro.

O piloto da Juncos começou melhor o segundo dia de testes e terminou na primeira posição, muito pouco a frente de seu rival no ano:  Scotto Hargrove.

Os dois carros da Cape Motorsports mostraram bom desempenho na sessão, e Neil Alberico terminou em terceiro, logo a frente de Jose Gutierrez (Juncos Racing) e Shelby Blackstock (Andretti Autosports).

Tirando o típico domínio de Juncos, Cape e Andretti, Nicolas costa foi o mais rápido, fazendo o nono tempo.  Pipo Derani e a Team Pelfrey como um todo parece estar batendo cabeça nos treinos, e terminou com um décimo terceiro lugar, mais de um segundo atrás do líder da sessão.

A segunda sessão trouxe-nos novidades.  Apesar da sessão ter de ser interrompida pouco depois de começar após Michael Johnson parar na caixa de brita, o reinício foi marcado pelo domínio da Cape de Scott Hargrove, que foi quase quatro décimos mais rápido que Pigot.

Kyle Kaiser e Garett Grist se recuperam, e conseguem ficar novamente entre os cinco primeiros.  Outro que conseguiu ficar novamente entre os cinco primeiros foi Nicolas Costa, que conseguiu colocar seu M1 Racing abaixo de 1:24s.  Outro a fazer essa façanha foi Pipo Derani, que ficou em sexto lucar e pela primeira vez entrou no grupo dos pilotos que viraram em 1:23s.

Destaque negativo foi a falta de pilotos no último treino antes do treino de classificação.  Apenas dezessete pilotos foram a pista, o número mais baixo de pilotos em um treino da temporada regular da pro Mazda desde 2012.

Indy lights

Bryan Herta Autosports with Jeffery Mark Motorsports and Curb Agajanian:  O carro dirigido por Zach Veach Lloyd Read deve ter batido o recorde de maior nome de equipe.
 Pois é, dessa vez não houve liderança de Luiz Razia.  Houve dessa vez um domínio de Gabby Chaves, da Belardi Auto Racing.

Na primeira sessão, Gabby Chaves retomou o domínio da sessão, como fez em Barber; e relegando o brasileiro da Schmidt-peterson Motorsports with Wayne Taylor Racing para o segundo posto.  

Mas o primeiro treino da Lights teve resultados peculiares:  Juan Piedrahita ficou na terceira posição, logo a frente de Alex Baron e Zack Meyer conseguiu o quinto lugar.  Fatos que não aconteciam desde os treinos da pré-temporada.
A segunda sessão de treinos livres continuou tendo a liderança de Gabby Chaves, mas foi bem mais normal do que a primeira do dia.  O colombiano fez volta um segundo melhor que a feita

A Schmidt-Peterson parece estar voltando a velha forma, com Jack Harvey e Luiz Razia fazendo 2-3.  

A Andretti também se recuperou do péssimo desempenho da manhã, com os dois pilotos virando voltas mais rápidas que 1:19s.

E a única bandeira amarela do treino foi causada pela escapada de Alex Baron logo após a primeira curva, quando seu treino terminou por ali mesmo.
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário