Spencer Pigot Larga na ponta da primeira prova da Pro Mazda

Apesar dos carros da Cape Motorsports e da Andretti Autosports liderarem todos os treinos livres; Pigot, da Juncos Racing, liderou o treino mais importante do fim de semana, e largará na ponta na primeira corrida da Pro Mazda.

Agora ele ficou muito rico com o prêmio da Pole.


Antes de treino classificatório, ainda pela manhã, os vinte pilotos partiram para o último treino livre do fim de semana.  Scott Hargrove (Cape Motorsports), que havia liderado o segundo treino ontem, liderou também esse reino, fazendo a volta mais rápida do fim de semana e foi o único piloto a baixar de 1:21 no fim de semana. A Andretti Autosports conseguiu novamente o segundo lugar, dessa vez com Shelby Blackstock, e Pigot ficou em terceiro pela terceira vez no fim de semana, a quase quatro décimos do líder.

Os brasileiros continuaram na sua busca por desempenho melhor, Pipo Derano continuou sendo o melhor piloto de sua equipe, fazendo o oitavo lugar com um tempo oito décimos acima de Hargrove e Nicolas Costa ainda tenta subir ao top 10, fazendo a décima segunda posição a 1,2 segundos do líder.

No treino classificatório, a bandeira verde foi interrompida pouco depois de ser acionada, devido a um erro de Kyle Connery (JDC Motorsports), batendo na curva dois.  Quando a bandeira verde foi reacionada, Neil Alberico assumiu a ponta, seguido por Pipo Derani na segunda posição.  Faltando treze minutos pro fim da sessão, Scott Hargrove assumiu a ponta do treino, com Alberico em segundo, Pigot em terceiro, Blackstock e Kyle Kaiser em quinto lugar.

Mas no fim do treino, quem apareceu foi Spencer Pigot, que fez um tempo a meio décimo na frente de Hargrove.  Não houveram alterações muito maiores no grid, que está logo abaixo:


Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário