Pro Mazda: O brasileiro Nicolas Costa se junta a Jonas Bedasse e Jay Horak na equipe M1 Racing

Fonte:  ProMazdaChampionship.com
A M1 Racing surpreendeu ao anunciar ontem que irá alinhar um carro para o piloto Nicolas Costa nas duas baterias da rodada de abertura da Pro Mazda Championship, em St. Petersburg.  O piloto vai dirigir o carro #99.


O piloto oriundo do Rio de Janeiro e que foi o campeão da Fórmula Futuro Fiat em 2010 e da Fórmula Abarth em 2012 pode ser uma das surpresas para as equipes e pilotos cotados como favoritos na abertura do campeonato.  Assim como no ano passado, quando esteve no pódio em quatro das oito corridas que disputou na categoria, além de um quinto e um sexto lugar.  Os pódios vieram no circuito de rua em Toronto, no Mid-Ohio Sports Car Course e em ambas as bateria da rodada final no Reliant Park em Houston.


"Estou muito satisfeito pela oportunidade que M1 Racing está me dando de se juntar a eles neste evento, e para os meus patrocinadores para apoiar-me mais uma vez", disse Costa.  "Mesmo que nós tenhamos pulado os testes e corridas do Winterfest, eu vou trabalhar tão duro quanto eu posso e eu estou bastante confiante de que vamos ser capazes de trazer a equipe de um bom resultado em St. Petersburg.  Estou para correr novamente, não foi fácil de passar os últimos três meses em casa, assistindo todo mundo correndo!"

No mesmo dia de ontem, também foi anunciada a parceira com o piloto Jonas Bedasse para eventos
selecionados no Pro Mazda Championship de 2014, ele vai ser o primeiro piloto da Jamaica para competir na Mazda Road to IndyEle vai competir na classe Expert da série Pro Mazda e dividirá o carro com o companheiro de equipe de Jay Horak , que venceu o campeonato no ano passado dirigindo para M1 Racing.

O Jamaicano de 38 anos já disputou corridas na F1600, após sair do kart.  Esse ano já fez testes privados com a M1 Racing, e com a ajuda da equipe, Bedasse está criando um tema jamaicano inteiro para sua temporada de corridas. O carro dele é # 62 em homenagem a 1962, ano que a Jamaica ganhou a independência total do Reino Unido . É verde, amarelo e preto, as cores da bandeira da Jamaica.

Fonte: e-formula car news

"Eu estou indo para aprender o máximo que eu puder este ano", disse Bedasse. "Todas as pistas vão ser novidade para mim, mas eu ainda estou muito empolgado, mas não tenho medo delas, encaro o desafio."

"Eu quero ser o primeiro jamaicano a fazer boas corridas de monopostos, e meu objetivo final é a Indy, se eu puder", disse Bedasse, que nasceu em Kingston, Jamaica, em 1975, e tem muito orgulho de sua herança. Nunca houve um jamaicano nas 500 milhas de Indianápolis, mas ele espera mudar essa estatística.  

Estamos acompanhando Nicolas há algum tempo e estamos muito impressionados", disse Paul Mata, que é dono do time de Dallas. "Não vai ser fácil, mas todos nós vamos tentar o nosso melhor para produzir alguns bons resultados. Nós certamente esperamos que esta é apenas seja a primeira de muitas corridas de sucesso que teremos com Nicolas daqui para frente.


"Jason quer aprender o máximo que puder este ano, e estou confiante de que podemos ajudá-lo a melhorar seu desempenho nas corridas", continua Paul. "Vai ser uma grande curva de aprendizagem para ele, mas ele é certamente apaixonado pelo esporte, o que é um dos principais ingredientes para o sucesso."
 
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário